Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Giro esportivo


postado em 29/12/2018 05:07

(foto: GIUSEPPE CACACE/AFP)
(foto: GIUSEPPE CACACE/AFP)

Schumacher
Família lança aplicativo

A Keep Fighting, fundação da família do heptacampeão mundial de Fórmula 1, Michael Schumacher, lançou ontem um aplicativo para exaltar a carreira do piloto. Ele estará disponível para ser baixado em 3 de janeiro, dia em que o alemão completará 50 anos. O internauta terá acesso virtual à exposição Michael Schumacher Private Collection, presente no museu Motorworld, na cidade de Colônia, na Alemanha. Também há estatísticas sobre a carreira de Schumacher e imagens 3D dos carros pilotados por ele desde o kart. Hoje, o acidente que vitimou o piloto, nos Alpes Suíços, completa cinco anos.




Tênis
Djokovic vai à forra

Em clima de revanche, o sérvio Novak Djokovic (foto) superou o russo Karen Khachanov em torneio de exibição em Abu Dhabi. Derrotado pelo adversário na final do Masters 1.000 de Paris, o número 1 do mundo saiu vencedor por 2 a 0 (6/4 e 6/2) e se classificou para a final. Hoje, vai duelar com o sul-africano Kevin Anderson, numa reedição da decisão de Wimbledon deste ano. Anderson venceu Rafael Nadal de virada, por 2 a 1 (4/6, 6/3 e 6/4), no retorno do espanhol às quadras após lesões. O sérvio deve começar a temporada 2019 como principal candidato aos grandes títulos, a começar pelo Aberto da Austrália, que terá início em 14 de janeiro.

• Patrocinador


Mesmo desempregado, o técnico Vanderlei Luxemburgo não se afasta do futebol. Mas agora ele assume o papel de investidor. O alagoano ASA de Arapiraca apresentou o treinador como novo patrocinador do clube, por meio dos empreendimentos Residencial Luxemburgo e Cachaça Brejo dos Bois. Luxemburgo até se colocou à disposição para ajudar a equipe futebolisticamente e pediu o apoio dos torcedores: “Vejo o Asa em um processo inicial de recuperação. Brevemente estará de novo na Série B, pela seriedade que a gente, por conversar com vocês, sabe que existe, e pelo trabalho. Quero convidar o pessoal de Arapiraca a abraçar este projeto, um projeto sério, que tem credibilidade, com pessoas que sabem onde querem chegar, a Série C do ano que vem”.

• Ginástica


De olho na Olimpíada de Tóquio’2020, a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) fez ontem uma avaliação positiva de 2018, exaltando os resultados no Mundial e ações fora das competições, para proteger os esportistas de assédio sexual. “No primeiro semestre, fomos a modalidade com maior número de medalhas no Sul-Americano, em Cochabamba. Obtivemos resultados inéditos, como a classificação das seleções masculina e feminina para as finais por equipes em um mesmo Mundial, a histórica nota da seleção de conjunto de ginástica rítmica no Pan-Americano de Lima, o 14° lugar no Mundial de Trampolim com Camila Lopes, as duas medalhas de ouro da Ginástica Aeróbica na Copa do Mundo da Bulgária”, enumerou a presidente da CBG, Luciene Resende. No Mundial de Doha, no Catar, o destaque foi Arthur Zanetti, prata nas argolas.

• Basquete


Franca e Flamengo se enfrentam hoje, às 14h, no Pedrocão, na decisão da Copa Super 8 de Basquete, torneio que reúne os oito melhores colocados do NBB. Para chegar à final, a equipe paulista – que fechou o ano com a melhor campanha do Nacional e, por isso, decidirá em casa –, passou por São José (81 a 71), nas quartas de final, e Paulistano (79 a 67), na semifinal. Já o Flamengo eliminou Minas (92 a 74) e Botafogo (99 a 88).


•  Abusos sexuais

5 dirigentes da Federação Afegã de Futebol (AFF), entre eles o presidente Keramuddin Karim, foram proibidos de deixar o país após novas acusações de abusos sexuais contra jogadoras da Seleção Feminina. Uma das atletas disse ao jornal britânico The Guardian que Karim a levou a um quarto secreto perto de seu escritório e a ameaçou com uma arma antes de estuprá-la e golpeá-la no rosto. Outra jogadora afirmou ter sido ameaçada de ter a língua cortada por Karim. A comissão de ética independente da Fifa também suspendeu o dirigente por 90 dias.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade