Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Vem aí o memorial do Coelho


postado em 23/12/2018 05:02

Registro histórico do América em suas origens: projeto cuidará da preservação do acervo alviverde(foto: ARQUIVO EM/D.A PRESS)
Registro histórico do América em suas origens: projeto cuidará da preservação do acervo alviverde (foto: ARQUIVO EM/D.A PRESS)


O América foi rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro, mas 2018 não será um ano para os americanos esquecerem. Ao contrário, a intenção é que ele, assim como os outros 106 da história do clube, seja mais facilmente acessado por meio do Memorial – América futebol Clube, que começa a ser implantado. Ficará na sede, no Bairro Santa Efigênia.

Viabilizado por meio da Lei Rouanet, que incentiva o esporte, a cultura e projetos sociais através de renúncia fiscal de pessoas físicas e jurídicas, o Museu do América, como vem sendo tratado, visa “trabalhar a documentação, preservação do acervo cultural e proporcionar a divulgação no site e exibição física” de tudo que mostre a trajetória alviverde. E também as “relações culturais, esportivas, históricas e sociais com o povo mineiro/brasileiro, preservando e divulgando a identidade do clube e preservando seus bens imaterial e material”.

Presidente do Conselho Deliberativo do Coelho e um dos maiores entusiastas do projeto, Márcio Vidal reforça a importância do projeto. “Penso que quem não se preocupa com sua história não consegue construir seu futuro. Isso vale para países, empreendimentos e também clubes. Por isso é muito importante que o América resgate a sua história através de um memorial, um museu, a fim de que as pessoas possam conhecer, compartilhar e entender melhor o que significa o América.”

“O América não é um simples clube de futebol que disputa competições. Sua história é muito mais ampla e rica. Portanto, esse projeto visa resgatar tudo isso. Nosso acervo pretende abranger a origem do clube, seus ex-atletas e ex-dirigentes, o patrimônio, a evolução dos uniformes ao longo dos anos, entre outras temáticas. O América tem uma história de luta muito grande. Não é justo que isso fique restrito ao ambiente interno do clube. Então, tivemos a ideia de criar esse museu para disponibilizar sua trajetória centenária para a cidade, o estado e os turistas de outros estados e países.”

FINANCIAMENTO Quem quiser contribuir para o Museu do América pode usar parte do imposto a pagar, respeitando-se o limite de 6% para pessoa física e 4% para jurídica. Também é possível patrocinar a iniciativa expondo marca no local e no site. E ainda por meio de doação direta.


*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade