Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Janela para os novatos


postado em 30/11/2018 05:17

O volante Ederson deve ser uma das novidades do Cruzeiro na rodada final, diante do Bahia(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press - 14/9/18)
O volante Ederson deve ser uma das novidades do Cruzeiro na rodada final, diante do Bahia (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press - 14/9/18)


A decisão da comissão técnica do Cruzeiro de poupar titulares diante do Bahia, aliada à suspensão e falta de condição de alguns atletas, significa chance de ouro para jovens valores. O zagueiro Cacá e o volante Ederson são dois dos atletas da nova geração que deverão ter oportunidade de começar jogando no domingo, às 17h, no Pituaçu, na 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro.

Para o defensor de 19 anos, caso confirmado pelo auxiliar Sidnei Lobo, que comanda o time enquanto o técnico Mano Menezes está de licença médica, será o segundo jogo como titular no profissional. Ele atuou ao lado do também prata da casa Murilo na derrota por 2 a 0 para o Vasco, pela 29ª rodada do Nacional, em São Januário, em 14 de outubro.

Já o jogador de meio-campo, que também tem 19 anos, carrega um pouco mais de experiência, tendo feito quatro partidas no time principal. Porém, sempre entrou com a bola rolando e, caso seja mesmo escalado na capital baiana, será a primeira vez como titular.

Mesmo com a pouca experiência, eles garantem estar prontos para ajudar o Cruzeiro a se despedir da temporada com vitória, deixando boa impressão para o próximo ano, quando esperam ser mais acionados. “Passada a ansiedade, pois já entrei em outros jogos, acredito que vai ser de grande importância para mim. Começar jogando me deixa um pouco mais tranquilo, mas sem relaxar. É o último jogo do ano. Queremos terminar bem o Campeonato Brasileiro”, declara Ederson.

Ele ressalta não só o lado particular, mas também o coletivo que estará à prova no fim de semana e promete empenho redobrado para fazer sua parte para que o Cruzeiro  volte com a vitória da Bahia. “Não é porque já fomos campeões, já estamos na Libertadores, que vamos deixar cair. Você tem momento de relaxar um pouco, de comemorar, mas passou. Agora, temos um jogo importante pela frente e vamos em busca dos três pontos”, afirma.

Formado no Desportivo Brasil-SP, ele está emprestado ao Cruzeiro até julho. A meta é permanecer, pois vem conseguindo atingir os objetivos na Toca da Raposa II – tem sido regulamente convocado para a Seleção Brasileira Sub-20 e deverá ser chamado para disputar o Campeonato Sul-Americano da categoria, em janeiro, no Chile.


Publicidade