Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Doces e sobremesas

Doce de ovos queimados

Receita fornecida por Maria Camila Coelho, de Governador Valadares: (33) 3221-1163


postado em 05/05/2017 10:00

(foto: Marcos Michelin/EM)
(foto: Marcos Michelin/EM)

Ingredientes:

- 1 litro e meio de leite

- 800 g de açúcar cristal

- 12 ovos levemente batidos

- 1 pitada de sal

- Cravo a gosto

- Meio copo (tipo americano) de água

Picante:

- A festa de Santo Antônio, padroeiro de Valadares, é oportunidade para saborear iguarias deliciosas. Uma delas é abatata-capeta, que recebeu esse nome por causa do sabor picante. O prato é umaespecialidade de Penha Lucca, que também prepara outras pérolas na festividade.

Modo de Preparo:

Em um tacho ou panela grande, levar ao fogo o açúcar e a água. Quando virar uma calda em ponto de fio (quando a calda, ao escorrer de um garfo ou colher, forma um fio), pôr os ovos e mexer, até a mistura começar a queimar e ficar escura. Despejar o leite, o cravo e o sal e mexer, por cerca de 40 minutos ou até ficar na consistência de um doce de leite mole. Retirar do fogo, despejar em uma vasilha e esperar esfriar para servir.



Queridinho da família

(foto: Marcos Michelin/EM)
(foto: Marcos Michelin/EM)

É sabido que nossos mais preciosos conhecimentos na arte de fazer doces foram trazidos pelos portugueses e outros povos do Velho Continente. Mas não dá para deixar de ressaltar a sabedoria das cozinheiras da terra, que, com maestria, deram toques especiais às receitas, reinventando iguarias. A ambrosia, tradicional doce à base de ovos, é uma das delícias que desembarcaram no Brasil e ganharam diferentes formas de preparo em cada canto.

Em uma casa de Governador Valadares, a receita serviu de base para a criação do doce de ovos queimados, o preferido da família de Maria Camila Coelho. "Gosto do doce desde criança. Ele era servido sempre em aniversários e festas de fim de ano", recorda. Parte de uma família de 22 irmãos, dona Camila sempre gostou de casa cheia. Por esse motivo, fica feliz da vida quando os sete filhos e os 11 netos se reúnem em seu quintal, que virou ponto oficial dos encontros de família.

Nessas ocasiões, não pode faltar o doce de ovos queimados, que é cobrado em coro pela torcida de admiradores. Como mãe e avó coruja que é, dona Camila não nega o pedido. De colherada em colherada, a família agradece.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade