Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Quitandas

Queijadinha

Receita fornecida por Vilma de Melo Monteiro e Marlene Cardoso, de Paracatu: (38) 3671-6373


postado em 03/03/2017 09:50

(foto: Jair Amaral)
(foto: Jair Amaral)

Ingredientes:

Para a massa:

- 1 kg de farinha de trigo

- 1 copo (americano) de banha de porco derretida

- 1 pitada de sal

- 300 ml de água morna (aproximadamente)

Para o recheio:

- 1 kg de açúcar refinado

- 10 ovos

- 1 copo (americano) de raspa de mandioca socada (lascas secas, socadas em pilão e passadas na peneira)

- 100 g de coco ralado

- 500 de queijo-de-minas curado, ralado

- 1 pitada de noz-moscada

Material:

- Forminhas para empada de

- 5 centímetros de diâmetro (serão usadas apenas para cortar a massa)Cilindro

Tradicional:

- No início da manhã, é difícil encontrar espaço no balcão para fazer o pedido, tamanha é a popularidade da Lanchonete Kabana, aberta há 27 anos. Comandado pelo simpático Sílvio Caldeira, o lugar é ponto de encontro para se discutir política, futebol e as notícias da cidade. Contato: (38) 3671-4132.

Modo de Preparo:

Para a massa, misturar os ingredientes, deixando a água por último. Ela será acrescentada aos poucos, até a massa ficar maleável e desgrudando das mãos. Passar a massa em um cilindro, de modo que fique com cerca de um centímetro de espessura. Usar a parte superior da forminha para cortar a massa em círculos. Modelar cada círculo como se fosse uma tampinha de garrafa, colocando um dos dedos no centro e fazendo pregas ao seu redor.

Para obter as raspas de mandioca usadas no recheio, cortar lascas da raiz e deixá-las secar ao sol por três dias. Socar as lascas em um pilão e passar em uma peneira. Bater as claras em neve e, em seguida, misturar a mandioca peneirada e o restante dos ingredientes. Deixar descansar por oito horas. Rechear cada queijadinha com meia colher (sopa) da mistura. Assar em forno médio por cerca de 15 minutos.



Recheio de delicadeza

(foto: Jair Amaral)
(foto: Jair Amaral)

A rota das pérolas gastronômicas conduz os viajantes à casa de Wilma de Melo Monteiro, que, com a mãe, Marlene Cardoso, prepara a queijadinha, famosa iguaria paracatuense de longa data. Mais uma vez, a receita se mostra única e diferente das encontradas em outras bandas. Talvez pela delicadeza da capa ou pela sutileza de sabores do recheio, a queijadinha da cidade do Noroeste seja tão peculiar. A maneira de preparo também é quesito essencial para o quitute, que mistura doce com salgado.

Primeiro, há que se ter paciência. Só para o preparo da mandioca, que incrementa o recheio, são necessários três dias. A dica das quitandeiras é preparar uma maior quantidade do produto e guardá-lo em um recipiente para tê-lo sempre à mão. A calma também entra como quesito básico na hora de formatar as capinhas. Uma a uma elas são delicadamente moldadas como se fossem tampinhas de garrafa. Uma maravilha de encher os olhos.

Marlene, que há 30 anos mexe com quitandas, já ganhou total eficiência nesta etapa da receita. Tanto que, com a filha, chega a preparar até 600 queijadinhas de uma vez. "Tem hora que os dedos começam a doer", diz. A dupla vende as iguarias em uma feira que ocorre aos sábados na cidade. Dia em que o paladar, certamente, comemora.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade