UAI
Publicidade

Estado de Minas NO DIÁRIO OFICIAL

Bombeiros e policiais militares inativos de MG serão designados 'veteranos'

Lei assinada por Zema é fruto de ideia de deputado que alegou 'constrangimento' vivido por oficiais chamados de inativos


07/01/2022 15:33 - atualizado 07/01/2022 16:04

Viatura dos bombeiros militares se posiciona durante combate a incêndio florestal
Bombeiros inativos passarão a ser chamados de veteranos (foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Pres)
Bombeiros e policiais militares de Minas Gerais inativos passarão a ser chamados de "veteranos". É o que estabelece lei sancionada pelo governador Romeu Zema (Novo) nesta sexta-feira (7/1).

O texto assinado por Zema é fruto de projeto aprovado pela Assembleia Legislativa em novembro do ano passado. A ideia partiu do deputado estadual Sargento Rodrigues (PTB), muito ligado às causas das corporações.

Segundo Rodrigues, muitos policiais e bombeiros sentem-se "constrangidos" quando são chamados de "inativos". Por isso, o petebista sugeriu a mudança na forma de tratamento. A alteração, de acordo com ele, é em "reconhecimento aos serviços prestados à sociedade mineira" pelos militares.

Doce de leite ganha reconhecimento oficial


Ontem, o Diário Oficial do estado trouxe lei subscrita por Zema que reconhece as etapas fabricação do Doce de Leite de Viçosa, na Região Sul, como de relevante interesse cultural de Minas Gerais.

Feita desde os anos 1980 pelo laticínio da Fundação Artur Bernardes, instituição ligada à Universidade Federal de Viçosa (UFV), a iguaria foi nove vezes vencedora do Concurso Nacional de Produtos Lácteos.

A sugestão de tornar o doce de relevante interesse cultural foi do deputado Coronel Henrique (PSL).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade