UAI
Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS

Governo rejeita passaporte da vacina e exigirá quarentena de 5 dias

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, no entanto, não deixou claro como será fiscalizada essa quarentena de cinco dias para turistas não vacinados


07/12/2021 18:38

Governo rejeita 'passaporte da vacina'
Governo rejeita "passaporte da vacina" e anuncia quarentena para viajantes não vacinados (foto: Reprodução/Youtube)

Quase um mês após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendar que o governo federal adote a exigência do comprovante de vacinação contra a COVID-19 para a entrada de viajantes no Brasil, o governo federal indicou, nesta terça-feira (7/12), que não exigirá o comprovante de imunização de viajantes para a entrada no Brasil. O país solicitará aos turistas não vacinados, contudo, uma quarentena de cinco dias após a entrada no país.
Após os cinco dias, segundo a pasta, um novo teste de COVID-19 deve ser realizado e somente com resultado negativo os viajantes ficarão liberados de circular pelo país.

"Depois de fazer uma análise, decidimos que, nesse contexto em que estamos espreitados por essa variante ômicron, ainda não sabemos o total potencial dela para criar uma nova pressão sob o sistema de saúde. Vamos requerer que os indivíduos não vacinados cumpram uma quarentena de cinco dias e, após essa quarentena, eles realizarão o teste. Sendo ele negativo, eles poderão aproveitar todas as belezas do nosso Brasil", disse o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, hoje, durante pronunciamento no Palácio do Planalto. 

Queiroga, no entanto, não deixou claro como será fiscalizada essa quarentena dos viajantes não vacinados. Durante o pronunciamento, o ministro da Saúde defendeu o direito das liberdade individuais. "É necessário defender as liberdades individuais e respeitar o direito dos brasileiros de acessarem livremente as políticas públicas de saúde", indicou.  


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade