UAI
Publicidade

Estado de Minas CONVITE

Maurício Souza é convidado para disputar eleições em 2022

Jogador de vôlei se envolveu em polêmica após postagem de cunho homofóbico nas redes sociais


03/12/2021 21:07 - atualizado 03/12/2021 21:07

Jogador em partida
Maurício foi dispensado do Minas em outubro e pode entrar para a política (foto: Orlando Bento/Minas)
Depois de ganhar visibilidade por fazer comentários homofóbicos numa rede social recentemente, o central Maurício Souza pode se tornar candidato a deputado federal nas eleições do ano que vem. O jogador de vôlei foi convidado para se filiar ao Partido Liberal – o mesmo ao qual se filiou o presidente Jair Bolsonaro no início da semana – e estar no pleito de 2022. A informação foi dada inicialmente pela "Rádio Itatiaia" e confirmada pelo Estado de Minas
 
O atleta ainda não se manifestou, mas o deputado mineiro Lincoln Portella (PL-MG) vê com entusiasmo a presença do atleta no meio político. “Já houve um convite formal para ele estar conosco por meio de nossas lideranças de Minas e de Brasília. Na minha avaliação, ele já é um pré-candidato nosso. Uma pessoa da condição dele tem abertura no Partido Liberal para se candidatar”.
 
Apesar da polêmica em que o jogador de vôlei se envolveu, o parlamentar acredita que Maurício Souza tem muito a acrescentar no Legislativo em Brasília. 
 
“Na nossa avaliação, ele seria um bom candidato não apenas para somar para a chapa. Não é apenas isso, é mais do que isso. Ele somaria muito ao Brasil, pela experiência na área de esporte, pelas realizações. É uma pessoa de formação simples, que conhece a linguagem do povo. E é alguém que pode, na Câmara Federal, dar uma contribuição muito grande em várias áreas com a nação brasileira”, afirma Lincon Portella. 

Maurício Souza teve seu contrato com o Minas Tênis Clube interrompido unilateralmente em outubro, depois de fazer postagem homofóbica em suas redes sociais. No Instagram, ele criticou o anúncio de que o novo Super-Homem, filho do Clark Kent, se tornaria bissexual na futura saga das histórias em quadrinhos. 

"É só um desenho, não é nada demais. Vai nessa que vai ver onde vamos parar”, escreveu. A publicação foi muito criticada pelos internautas, o que fez com que patrocinadores exigissem a quebra de contrato com o atleta. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade