UAI
Publicidade

Estado de Minas ÔMICRON

Bolsonaro fala em 'medidas racionais' para barrar chegada de nova variante

O presidente descartou um novo lockdown ou fechamento de fronteiras


26/11/2021 17:58 - atualizado 26/11/2021 18:08

Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro (foto: Marcos Côrrea/PR)
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu, nesta sexta-feira (26/11), a adoção de "medidas racionais" para conter a chegada do ômicron, a nova variante do novo coronavírus
 
A declaração foi dada depois que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sugeriu limitar a entrada no Brasil de quem esteve, nos últimos 14 dias, em seis países africanos: África do Sul, Botsuana, Suazilândia (Eswatini), Lesoto, Namíbia e Zimbábue. A Argentina não está entre os países mencionados.
 
"O Brasil não aguenta mais um lockdown. Conversei com o almirante Barra Torres [presidente da Anvisa] e com o Ciro Nogueira [ministro da Casa Civil]. Quem vem da Argentina de carro para cá, sem problemas. Quem vier de avião tem que ficar quatro dias em quarentena. Vamos tomar medidas racionais", disse Bolsonaro.
 
O presidente descartou um novo lockdown ou fechamento de fronteiras.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade