UAI
Publicidade

Estado de Minas EDUCAÇÃO

Governo de Minas incorpora abono para os servidores da educação básica

A partir de novembro, o 3º abono será incorporado ao vencimento básico para mais de 250 mil funcionários da educação, ativos e aposentados


15/10/2021 20:43 - atualizado 15/10/2021 20:43

Professora e alunos em sala de aula
Ao todo, 254 mil servidores serão beneficiados (foto: Gil Leonardi/Imprensa MG)
O governo de Minas Gerais anunciou que irá incorporar, a partir de novembro deste ano, o 3º abono ao vencimento básico de 254 mil servidores da educação básica. Do total, quase 87 mil são servidores ativos e 167 mil são inativos.

 

“Equilibrando as contas e arrumando a casa, estamos tirando Minas do vermelho, pagando o salário em dia, quitando férias-prêmio atrasadas e, agora, garantindo um benefício importante àqueles que dedicam a vida para educar milhões de mineiros”, destacou o governador Romeu Zema.


De acordo com o governo, a medida está prevista na Lei 21.710/2015 e tem um impacto financeiro mensal de R$ 14,5 milhões, sendo R$ 4,5 milhões na folha de pagamento dos ativos e R$ 10 milhões na dos inativos.

O ganho por servidor decorrente da incorporação depende do seu posicionamento na tabela de vencimento. Aqueles com posicionamento mais avançado, normalmente com maior tempo de serviço na carreira, terão ganho maior, segundo o executivo estadual. 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade