UAI
Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÕES 2022

Ciro Gomes: 'Lula conspirou pelo impeachment da Dilma'

O pré-candidato afirmou que o ex-presidente é aliado dos principais pivôs do afastamento de Dilma em 2016


13/10/2021 14:18 - atualizado 13/10/2021 14:36

Gomes, Lula e Dilma
Ciro Gomes, Lula e Dilma (foto: AFP/Reprodução)
O pré-candidato à presidência da República Ciro Gomes (PDT) afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) “conspirou” para a concretização do impeachment da ex-presidente Dilma Roussef (PT), que foi afastada do cargo em 2016. 
 
A declaração foi feita durante entrevista ao podcast do Estadão. 

"Eu atuei contra o impeachment e quem fez o golpe foi o Senado Federal. Quem presidiu o Senado? Renan Calheiros. Quem liderou o MDB nessa investida? O Eunício Oliveira. Com quem o Lula está hoje?", perguntou. "Hoje, eu estou seguro que o Lula conspirou pelo impeachment da Dilma, estou seguro", declarou. 

De acordo com Ciro, seu irmão, o senador Cid Gomes (PDT-CE), chegou a questionar, na época, se o PT realmente queria impedir o impeachment da ex-presidente.

"O meu irmão, que também estava lutando [contra o impeachment], me chamou e falou assim: 'Será que esses caras querem impedir o impeachment?'. Agora estou seguro que eles estavam colaborando pelo impeachment da Dilma, porque nas eleições de 2018 o Lula estava com o Renan Calheiros e queria que eu me envolvesse nisso, eu que fui para as ruas, [sendo que à época] era muito impopular defender a Dilma. Agora os amigos do peito são eles", completou.

Lula é um dos principais adversários de Ciro nas eleições de 2022. Apesar de ainda não ser candidato, o petista lidera  as pesquisas de intenção de voto.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade