UAI
Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Em Roraima, ato pede vacinas, prisão de garimpeiros e afastamento do presidente


02/10/2021 18:12

A capital de Roraima, Boa Vista, registrou ato contra o presidente Jair Bolsonaro neste sábado, dia 2. A manifestação pedia, além do afastamento do presidente, a distribuição de mais vacinas contra a covid-19 e a prisão de garimpeiros que atuam ilegalmente em terras indígenas.

A concentração dos manifestantes ocorreu na Praça do Centro Cívico, no centro da capital, ponto de encontro conhecido pelos movimentos contrários ao governo federal. Os manifestantes eram seguidos por carro de som e carregavam faixas com críticas ao presidente.

A carreata partiu, então, em direção ao Monumento ao Garimpeiro, um dos patrimônios históricos da cidade que faz apologia ao garimpo ilegal, na avaliação da Fundação Nacional do Índio (Funai). O movimento foi organizado por membros de movimentos sociais, pela CUT, e também partidos de esquerda.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade