UAI
Publicidade

Estado de Minas CRÍTICAS

Doria sobre Lula: 'Assaltou o dinheiro público. Não foi inocentado'

Governador de São Paulo disse que não votaria em Lula e em Bolsonaro e se colocou na 'terceira via' nas eleições presidenciais de 2022


23/08/2021 23:02 - atualizado 23/08/2021 23:59

Doria disse que será o candidato da 'terceira via' em 2022(foto: Reprodução/TV Cultura)
Doria disse que será o candidato da 'terceira via' em 2022 (foto: Reprodução/TV Cultura)
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem se encontrado com políticos considerados de Centro, como o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) e o também ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Questionado sobre o assunto nesta segunda-feira (23/8), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP) garantiu que Lula não irá o procurar e disparou contra o adversário político.

Doria afirmou que Lula "assaltou o dinheiro público" e que precisa responder processos no Supremo Tribunal Federal (STF). Neste ano, o ex-presidente teve as condenações relacionadas à Lava Jato anuladas pelo STF. Isso fez com que ele recuperasse os direitos políticos, uma vez que havia sido condenado em segunda instância, o que fere a Lei da Ficha Limpa.

"O ex-presidente Lula não vai me procurar, logo, não preciso me preocupar. Ele sabe minha opinião sobre ele. Minha opinião é muito clara. Ele assaltou o dinheiro público. Ele sabe que falei isso e que sustento isso. Ele está respondendo ainda no STF os processos pelos quais está se defendendo. Ele pode ser candidato, mas não foi inocentado", disse Doria, em entrevista ao "Roda Viva", da "TV Cultura".

O governador de São Paulo se intitulou como principal candidato da chamada "terceira via", saindo da polarização entre Lula e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). No entanto, para concorrer ao Palácio do Planalto em 2022, Doria precisa passar pelas prévias do PSDB.

"Sou otimista. Disputo as prévias porque confio no meu partido e confio nas prévias. Sou filho das prévias. Venci em 2016 e em 2018. Tenho pensamento positivo: o PSDB vencerá as prévias e nós seremos a melhor opção para a terceira via das eleições em 2022. Não terei que votar. Não votarei em Lula e nem em Bolsonaro. Nem horror e nem terror. Quero votar em um bom gestor para o Brasil", concluiu.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade