Publicidade

Estado de Minas TROCA DE OFENSAS

Carla Zambelli e Omar Aziz trocam farpas: 'Bunda gorda'

O senador disse na CPI da COVID que a deputada bajula o presidente Jair Bolsonaro devido ao cargo de seu marido na Força Nacional


25/06/2021 23:14 - atualizado 25/06/2021 23:31

Senador Omar Aziz (PSD-AM) e deputada Carla Zambelli (PSL-SP)(foto: Câmara dos Deputados/Agência Senado)
Senador Omar Aziz (PSD-AM) e deputada Carla Zambelli (PSL-SP) (foto: Câmara dos Deputados/Agência Senado)
A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) e o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da COVID, senador Omar Aziz (PSD-AM), trocaram farpas nesta sexta-feira (25/6). Durante a sessão no Senado, Aziz disse que a deputada "bajula" o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) devido ao cargo de seu marido na Força Nacional. 

Zambelli respondeu, chamando o senador de ‘bunda gorda’. “O dedinho mindinho do meu marido vale mais que o senhor. Então, pega essa bunda gorda sua que está na CPI sentada e vê se faz alguma coisa de útil e que preste para este país, ao invés de ficar falando merda das pessoas. Tá bom, seu inútil e imbecil?", disse a deputada, em vídeo publicado nas redes sociais.



O senador rebateu o ataque da deputada bolsonarista dedicando a música “Espanhola”, cantada pela banda 14 Bis. “Acabei de ser ofendido por uma deputada. Como sou diferente do chefe dela e não ofendo ou agrido mulheres, vou apenas oferecer uma música”, escreveu Aziz.
 
 

A escolha da música "Espanhola" por Aziz tem motivo. Segundo relato da deputada federal Joice Hasselmann à CPI das Fake News, na Câmara, o presidente Bolsonaro teria perguntado a ela, logo após a posse, se Zambelli teria sido prostituta na Espanha.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade