Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Bolsonaro cita Arthur Weintraub como conselheiro: 'Mente privilegiada'

Irmão do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub vem sendo apontado como chefe do 'gabinete paralelo' de Bolsonaro


10/06/2021 18:29 - atualizado 10/06/2021 18:49

Bolsonaro falou durante evento realizado pelo Ministério do Turismo no Palácio do Planalto (foto: Tv Brasil/Reprodução)
Bolsonaro falou durante evento realizado pelo Ministério do Turismo no Palácio do Planalto (foto: Tv Brasil/Reprodução)
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) citou o nome de Arthur Weintraub como um de seus conselheiros em assuntos sobre a pandemia de COVID-19.

Leia: Bolsonaro fala sobre TCU e diz que cloroquina fez 'milagre no Brasil'

O irmão do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub vem sendo apontado como chefe do “gabinete paralelo” de Bolsonaro investigado na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da COVID do Senado.

“Eu não errei em nada (sobre a pandemia), conversei com as pessoas... o Arthur Weintraub, no Japão, leu os manuais e falou japonês em 48 horas... uma mente privilegiada", brincou Bolsonaro. "Muitas pessoas me aconselharam. Silas Malafaia... muitos de vocês presentes. É nossa missão", explicou o presidente.

De acordo com o presidente, na CPI, “tudo quer dizer gabinete paralelo”. 

Em discurso realizado em uma cerimônia do Planalto, Bolsonaro afirmou também que os senadores da CPI “não são exemplos para ninguém".

A fala foi feita quando Bolsonaro comentou o depoimento da médica oncologista Nise Yamaguchi, conselheira do Planalto sobre assuntos como o tratamento precoce contra COVID-19. O tratamento contraria as orientações de epidemiologistas e outros especialistas para evitar a disseminação do coronavírus.

“O que a CPI está fazendo? Nise foi humilhada no Senado. Por pessoas que não são exemplos para ninguém...esses médicos são heróis, que não se acomodaram”, afirmou o presidente.

 
O evento foi promovido no Palácio do Planalto pelo Ministério do Turismo para apresentar ações visando a desburocratização do setor e a atração de investimentos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade