Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

TCU nega existência de relatório que Bolsonaro citou sobre mortes por COVID

Segundo dados do Ministério da Saúde, 194.949 pessoas morreram de coronavírus no ano passado


07/06/2021 13:46 - atualizado 07/06/2021 18:32

TCU, que a princípio desconhece relatório apontado, prepara resposta oficial a respeito(foto: Alan Santos/Presidência da República)
TCU, que a princípio desconhece relatório apontado, prepara resposta oficial a respeito (foto: Alan Santos/Presidência da República)
O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta segunda-feira (7/6), durante conversa com apoiadores no Palácio do Planalto, em Brasília, que um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) mostra que 50% das mortes por COVID-19 no Brasil em 2020 foram, na verdade, por outras doenças. No ano passado, segundo dados do Ministério da Saúde, 194.949 pessoas morreram de coronavírus no país. O TCU, por seu turno, nega a existência de tal documento.

“Não é meu, é do tal do Tribunal de Contas da União, questionando o número de óbitos do ano passado por COVID. Ali, o relatório final, não é conclusivo, mas em torno de 50% dos óbitos por COVID no ano passado não foram por COVID, segundo o Tribunal de Contas da União. Esse relatório saiu há alguns dias”, afirmou Bolsonaro.

“Isso aí muita gente suspeitava, muitos vídeos que vocês viram em WhatsApp e etc tem pessoas reclamando que o ente querido não faleceu daquilo. Muito bem fundamentado, está bem claro”, disse Bolsonaro, na sequência, a respeito do questionamento dos números.

O presidente também disse que vai divulgar o documento na tarde desta segunda-feira. O Estado de Minas consultou o TCU sobre a veracidade do relatório, que segundo Bolsonaro “saiu há alguns dias”.

Em contato com a reportagem, o TCU afirmou que desconhece um relatório com dados desse tipo.
 
"O TCU esclarece que não há informações em relatórios do Tribunal que apontem que “em torno de 50% dos óbitos por COVID no ano passado não foram por COVID”, conforme afirmação do presidente Jair Bolsonaro divulgada hoje", lê-se em nota enviada à reportagem.


 
Matéria atualizada às 17h17 desta segunda (7/6), com posicionamento oficial do TCU. 
 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade