Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

'Capitão Cloroquino': manifestantes inflam 'pixuleco' de Bolsonaro

A ação foi acompanhada de uma mobilização nas redes sociais por meio da hashtag #ACulpaÉdoCapitãoCloroquino


25/05/2021 15:31 - atualizado 25/05/2021 16:04

'Capitão Cloroquino' é instalado em frente ao Congresso Nacional (foto: Twitter/Reprodução)
'Capitão Cloroquino' é instalado em frente ao Congresso Nacional (foto: Twitter/Reprodução)
O movimento Acredito instalou nesta terça-feira (25/5) um ''pixuleco'' do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em frente ao Congresso Nacional, em Brasília. Chamado de “Capitão Cloroquino”, o boneco chama a atenção de quem passa pela Praça dos Três Poderes.
 
 
 
 
A ação foi acompanhada de uma mobilização nas redes sociais por meio da hashtag #ACulpaÉdoCapitãoCloroquino.

Os manifestantes também carregavam um cartaz em que se lê: “450 mil mortos de uma doença que tem vacina. Impeachment já!”

Ação do movimento Acredito foi acompanhada de uma mobilização nas redes sociais por meio da hashtag #ACulpaÉdoCapitãoCloroquino(foto: Evaristo Sá/AFP)
Ação do movimento Acredito foi acompanhada de uma mobilização nas redes sociais por meio da hashtag #ACulpaÉdoCapitãoCloroquino (foto: Evaristo Sá/AFP)
Durante a pandemia de COVID-19 no Brasil, Jair Bolsonaro recomendou o uso de cloroquina, ivermectina e hidroxicloroquina para pacientes contaminados. Os remédios não têm comprovação científica.  
 
 
 
*Estagiária sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade