Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Bolsonaro comenta post de ministro sobre Bruno Covas com emoji

O presidente ainda não se manifestou publicamente sobre o falecimento do prefeito da maior cidade do país


16/05/2021 16:07 - atualizado 16/05/2021 16:48

Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ainda não se pronunciou sobre a morte de Bruno Covas(foto: Marcos Corrêa/PR)
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ainda não se pronunciou sobre a morte de Bruno Covas (foto: Marcos Corrêa/PR)
O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, lamentou neste domingo a morte do prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), em publicação em sua conta no Twitter. O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), que ainda não se manifestou publicamente sobre o falecimento do prefeito da maior cidade do país, respondeu à mensagem de Freitas com um símbolo de aperto de mãos.

Políticos de diversos espectros, de Guilherme Boulos (PSOL) a Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), lamentaram a partida do tucano. O ministro da Secretaria-Geral de Governo, Onyx Lorenzoni, também prestou condolências à família.

 

Leia:  Flávio Bolsonaro lembra luta de Covas e dedicação a SP 'até o último minuto' 


"Lamento a notícia do falecimento do prefeito Bruno Covas. Na única ocasião em que foi preciso trabalharmos juntos, foi de um republicanismo exemplar e buscou resolver o problema antes de definir qual ente seria responsável. Ganhou minha admiração. Meus sentimentos à família", disse Tarcísio de Freitas.

 

 


O ministro se referiu a uma conversa em 24 de janeiro, com Covas, sobre obras na ponte de acesso à Dutra. Na ocasião, Freitas escreveu: "Conversei mais cedo com o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, e estou de acordo com sua posição sobre a ponte de acesso à Dutra (BR-116) interditada: primeiro a gente resolve as obras emergenciais em respeito ao usuário. Depois decidimos quem é o responsável pelo trecho."


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade