Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Renan Calheiros diz que vai dar um tempo nas redes: 'Evitar o negaciovírus'

Senador do MDB se tornou alvo de bolsonaristas nas redes sociais após ser indicado para ser o relator da CPI da COVID no Senado


19/04/2021 17:10 - atualizado 19/04/2021 17:28

Calheiros chegou a dizer que 'não faria PowerPoint' contra o presidente Jair Bolsonaro (foto: Agência Brasil/Reprodução)
Calheiros chegou a dizer que 'não faria PowerPoint' contra o presidente Jair Bolsonaro (foto: Agência Brasil/Reprodução)
O senador Renan Calheiros (MDB-AL) afirmou, em meio à possibilidade de se tornar relator da CPI da COVID no Senado, que pretende fazer, até sexta-feira (23/4), uma “profilaxia digital” para se afastar do “radicalismo de extremistas e do negaciovírus". O comentário foi feito na tarde desta segunda-feira (19/4).

"Até a próxima sexta, vou me dedicar a estudar temas da CPI e fazer uma profilaxia digital. Para evitar a infecção do radicalismo, o contágio dos extremistas e o negaciovírus, farei um isolamento sanitário, podendo voltar a qualquer momento se houver necessidade", afirmou o senador no Twitter.



Nos últimos dias, Calheiros se tornou alvo de bolsonaristas nas redes sociais após ser indicado para ser o relator da CPI da COVID.

Aliados do presidente, como os deputados Alê Silva (PSL-MG), Carla Zambelli (PSL-SP), Carlos Jordy (PSL-SP) e o ex-ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio iniciaram uma campanha para levantar a hashtag #RenanSuspeito. Eles dizem que o senador deveria ser considerado suspeito por ser pai do governador de Alagoas, Renan Filho (MDB). 

Nos próximos dias, o Senado Federal vai eleger os nomes que farão parte da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará ações e omissões do governo federal durante a pandemia da COVID-19. 

Por ser cotado para relatoria, Calheiros chegou a dizer que “não faria PowerPoint” 
à Operação Lava-Jato.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade