Publicidade

Estado de Minas PALÁCIO DO PLANALTO

Bolsonaro anuncia reforma no governo e troca seis ministros

'Dança das cadeiras' mexe na Casa Civil, na Secretaria de Governo, na AGU e nos ministérios da Defesa e da Justiça


29/03/2021 19:01 - atualizado 30/03/2021 14:08

Presidente resolveu mexer em seis pastas governamentais nesta segunda (29/3)(foto: MARCOS CORREA/AFP)
Presidente resolveu mexer em seis pastas governamentais nesta segunda (29/3) (foto: MARCOS CORREA/AFP)
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou, nesta segunda-feira (29/3), uma ampla mudança nos quadros do governo. O chefe do Executivo federal trocou o comando de seis ministérios. Além das pastas de Relações Exteriores e Defesa, cujos ministros já haviam saído ao longo do dia, houve alterações na Casa Civil, na Secretaria de Governo da Presidência da República, na Advocacia-Geral da União (AGU) e no Ministério da Justiça.


André Mendonça, que estava na Justiça, deixou o posto para retornar à AGU, de onde José Levi pediu demissão nesta segunda. Para o ministério, foi escolhido o delegado Anderson Torres, secretário de Segurança do Distrito Federal.



O general Walter Braga Netto deixa a Casa Civil e parte para a vaga de Azevedo na Defesa. O antigo posto do militar será ocupado por Luiz Eduardo Ramos, que estava na Secretaria de Governo da Presidência, pasta responsável pelo diálogo com o Congresso Nacional. A articulação junto ao legislativo, agora, fica com a deputada federal Flávia Arruda (PL-DF).

Para a vaga de Ernesto Araújo no Itamaraty, chega Carlos Alberto França, chefe do cerimonial da Presidência.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade