Publicidade

Estado de Minas REFORMA MINISTERIAL

Ministro da Advocacia-Geral da União, José Levi também pede demissão

José Levi é o terceiro ministro a deixar o governo Bolsonaro nesta segunda-feira (29/3)


29/03/2021 17:47 - atualizado 29/03/2021 18:44

Advogado-geral da União, José Levi pediu demissão nesta segunda-feira (29/03)(foto: Agência Brasil/Reprodução)
Advogado-geral da União, José Levi pediu demissão nesta segunda-feira (29/03) (foto: Agência Brasil/Reprodução)
O advogado-geral da União, José Levi, pediu demissão nesta segunda-feira (29/03). Ele é o terceiro ministro a perder o cargo nesta tarde.

Ele perdeu o cargo após a ação direta de inconstitucionalidade que o presidente propôs ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra três estados que haviam implementado toque de recolher. Por decisão de Levi, a Advogacia-Geral da União (AGU) não assinou essa ação.

José Levi  deve ser substituído por André Mendonça, atual ministro da Justiça.

Além dele, o ministro Ernesto Araújo, das Relações Exteriores e o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Souza, pediram demissão.
 
* Estagiária sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade