Publicidade

Estado de Minas STF

Gilmar Mendes: 'Vocês comprariam um carro de Moro? e do Dallagnol?'

A Segunda Turma do STF retomou na tarde desta terça-feira (23/3) o julgamento sobre a suposta parcialidade do ex-juiz Sérgio Moro ao condenar Lula


23/03/2021 16:05 - atualizado 23/03/2021 16:27

Segundo Gilmar Mendes, Moro poderia ser declarado suspeito num habeas corpus, em que não teve direito de defesa(foto: Agência Brasil/Reprodução)
Segundo Gilmar Mendes, Moro poderia ser declarado suspeito num habeas corpus, em que não teve direito de defesa (foto: Agência Brasil/Reprodução)
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, questionou, nesta terça-feira (23/03), durante julgamento da suspeição de Sergio Moro, se algum ministro presente compraria um carro do ex-juiz ou do procurador da Lava-Jato Deltan Dallagnol.

“Algum dos senhores aqui compraria o carro do Moro? Algum de vocês seriam capazes de comprar carro do Dallagnol?”, perguntou o ministro que defende a legibilidade das conversas dos procuradores da Lava-Jato obtidas por hackers.
 

Durante a sua fala, ele citou outros fatos elencados pelo ex-presidente na acusação de parcialidade: a condução coercitiva de 2016, a divulgação de conversa com Dilma Rousseff, a quebra de sigilo telefônico de advogados e a publicação da delação de Antonio Palocci.
 
“Veja a confusão em que estamos hoje inseridos. Muito recentemente, o relator reconheceu que todos os fatos processados e julgados em Curitiba pela 13ª Vara, relativamente ao paciente, não deveriam lá estar, porque não guardavam relação com a corrupção na Petrobras. Portanto, vejam os senhores: isso se deu num habeas corpus. Já poderia ter sido verificado antes”, declarou.
 

Entenda
 

A Segunda Turma do STF retomou na tarde desta terça-feira (23/3) o julgamento sobre a suposta parcialidade do ex-juiz Sérgio Moro ao condenar Lula na ação do triplex do Guarujá.

O caso foi incluído na pauta da Segunda Turma após o ministro Kassio Nunes Marques devolver a vista e liberar o processo para julgamento. 
 

Veja ao vivo:

  


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade