Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Bolsonaro e ministros aparecem de máscaras em evento oficial

Última vez que Bolsonaro utilizou o equipamento de proteção foi em fevereiro, na sessão solene de abertura do ano legislativo no Congresso


10/03/2021 16:21 - atualizado 10/03/2021 16:58

Médicos, cientistas, pesquisadores e especialistas apontam que o uso de máscara é essencial para proteção contra COVID-19(foto: Agência Brasil/Reprodução)
Médicos, cientistas, pesquisadores e especialistas apontam que o uso de máscara é essencial para proteção contra COVID-19 (foto: Agência Brasil/Reprodução)
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez, nesta quarta-feira (10/03), uma breve cerimônia para falar sobre a vacinação no Brasil e sancionar projetos de lei que aumentam a capacidade de o governo federal comprar novas vacinas. Essa foi uma das poucas vezes, durante toda a pandemia, que o presidente e os ministros apareceram de máscara em um mesmo local.
 
A última vez que Bolsonaro utilizou o equipamento de proteção foi quando ele compareceu, em fevereiro deste ano, na sessão solene de abertura do ano legislativo no Congresso. Ele só utilizou o item no local porque ele era obrigatório.
 
Desde então, o presidente vem participando de eventos, viagens e aglomerações sem utilizar a máscara.

Entre os eventos estão visitas aos estados, encontro com parlamentares, posse de ministros e cerimônias no Planalto. A mais recente foi a cerimônia que enviou a comitiva do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, para Israel.
 
Em agosto do ano passado, Bolsonaro chegou até mesmo a negar a eficácia da máscara. "Eficácia dessa máscara é quase nenhuma", disse.
 
Também durante a cerimônia desta quarta-feira, em ato inédito, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, acostumado a tirar a máscara durante as entrevistas coletivas, não retirou o item para discursar.

Médicos, cientistas, pesquisadores e especialistas apontam que o uso de máscara é essencial para proteção contra COVID-19.
 

Vacinação

 
Durante discurso, Bolsonaro afirmou que “o governo está mostrando o seu trabalho” para combater a pandemia de COVID-19. 
 
“O Brasil está fazendo sua parte. O governo federal está fazendo seu trabalho. Já entregamos vacina para 100% dos idosos acima de 85 anos de idade. Entre eles, minha mãe com 93 anos de idade”, disse o presidente.
Em outra parte do discurso, Bolsonaro cita o Brasil como exemplo para o mundo. "Fomos e somos incansáveis desde o primeiro momento na luta contra a pandemia, que é um exemplo para o mundo."
 
“O governo federal não poupou esforços e não economizou recursos para atender todos os estados e municípios. Fizemos uma campanha para atender os quatro cantos do país”, completou.
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade