Publicidade

Estado de Minas REUNIÕES PELA VACINA

Com hospitais lotados no interior, Zema vai a Brasília em busca de vacinas

Além de visitar a farmacêutica União Química, ele se encontrou com o presidente da Câmara, Arthur Lira e da República, Jair Bolsonaro


02/03/2021 20:57 - atualizado 02/03/2021 21:48

Governador Romeu Zema esteve em Brasília nesta terça-feira (2/3) para encontros relacionados a aquisição de vacinas contra o coronavírus(foto: Twitter/Reprodução - 16/12/2020)
Governador Romeu Zema esteve em Brasília nesta terça-feira (2/3) para encontros relacionados a aquisição de vacinas contra o coronavírus (foto: Twitter/Reprodução - 16/12/2020)
O governador Romeu Zema (Novo) esteve em Brasília, nesta terça-feira (02/03), para uma série de compromissos relacionados com a aquisição de vacinas contra a COVID-19. Ele visitou a União Química e se encontrou com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).
 

O primeiro compromisso de Zema foi uma visita à farmacêutica União Química. A empresa é responsável pela produção do ingrediente farmacêutico ativo (IFA) da vacina russa Sputnik V, no Brasil. 

“A partir de abril, teremos milhões de doses dessa vacina para atender o povo mineiro e, também, brasileiro", prometeu. 

Depois da visita, o governador se encontrou com o presidente da Câmara dos Deputados Arthur Lira (PP-AL). Na ocasião, Lira sugeriu a criação de um fundo para unir recursos destinados ao combate à pandemia do novo coronavírus. Ficou decidida, também, a criação de grupo de trabalho para acompanhar a importação de insumos e a fabricação de vacinas. 

"O governo federal precisa auxiliar mais os estados e municípios neste momento em que os casos da pandemia estão aumentando”, disse Zema, durante o encontro. 

Para terminar, ele se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro para um almoço, que contou ainda com a presença do Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello e deputados federais mineiros. 

Bolsonaro garantiu ao governador mineiro que a União vai comprar todas as vacinas contra COVID-19 disponíveis que tenham o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Pior momento da pandemia em Minas 


Em seu perfil no Twitter, o governador postou um vídeo explicando como foram os encontros e aproveitou para fazer um apelo para a população do estado. Veja:

“O sistema de saúde de Minas, neste período de pandemia, nunca esteve tão ocupado como nos últimos dias. É por isso que estou aqui, mais uma vez, para pedir todos os cuidados: distanciamento, uso de máscara e as medidas de higienização, são fundamentais neste momento em que nosso sistema de saúde passa por um estresse. Conto com a ajuda de todos”, finalizou. 
 
 
 
*Estagiária sob supervisão do subeditor Eduardo Oliveira 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade