Publicidade

Estado de Minas

Bolsonaro se reúne com Lira, Pacheco e Guedes para discutir sobre auxílio

O governo quer quatro pagamentos de R$ 250, enquanto parlamentares defendem um valor maior, em razão da força da segunda onda de COVID-19


28/02/2021 22:04 - atualizado 28/02/2021 22:13

O diálogo ocorre após o presidente criticar medidas de isolamento tomadas por governadores(foto: Bolsonaro/Twitter/Reprodução )
O diálogo ocorre após o presidente criticar medidas de isolamento tomadas por governadores (foto: Bolsonaro/Twitter/Reprodução )
O presidente Jair Bolsonaro se reuniu na noite deste domingo (28) com os presidentes da Câmara, Arthur Lira, do Senado (PP-AL), Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e com ministros, no Palácio da Alvorada. De acordo com o chefe do Executivo, o encontrou tratou de medidas econômicas e do combate à pandemia, como extensão do auxílio emergencial e da vacinação contra a COVID-19. O diálogo ocorre após o presidente criticar medidas de isolamento tomadas por governadores.
 
 
 
Ao mesmo tempo, Lira convocou os chefes dos executivos dos estados para discutir o orçamento de 2021 e medidas emergenciais relacionadas à pandemia. O ministro da Economia, Paulo Guedes, e da Saúde, Eduardo Pazuello também estiveram presentes. Bolsonaro e Pazuello aparecem sem máscara em uma imagem postada por Bolsonaro nas redes sociais. A prorrogação do auxílio emergencial deve ocorrer neste mês, em parcelas que ainda serão definidas.
 
 

O governo quer quatro pagamentos de R$ 250, enquanto parlamentares defendem um valor maior, em razão da força da segunda onda, que coloca sistemas de saúde à beira do colapso e força o fechamento do comércio. O Executivo também sofre críticas em relação a lentidão da compra de vacinas. Até o momento, 6,5 milhões de brasileiros foram imunizados, o que representa 2% da população.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade