Publicidade

Estado de Minas EMBATE

Eduardo Bolsonaro diz que vai processar Kim Kataguiri: 'Falou besteiras'

Kataguiri chamou os aliados de Jair Bolsonaro de 'tchutchucas do Centrão', depois da vitória de Arthur Lira (PP-AL) à presidência da Câmara


02/02/2021 21:20 - atualizado 02/02/2021 21:39

Eduardo Bolsonaro afirma ter sido ofendido por Kim Kataguiri(foto: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil)
Eduardo Bolsonaro afirma ter sido ofendido por Kim Kataguiri (foto: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil)

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) anunciou nesta terça-feira (2/2) que processará o também deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) por supostas ofensas em grupos de Whatsapp. Na rede social, Kataguiri chamou os aliados do presidente Jair Bolsonaro de “tchutchucas do Centrão”, depois da vitória de Arthur Lira (PP-AL) à presidência da Câmara.

No vídeo divulgado no Twitter, Eduardo Bolsonaro diz que questionou Kataguiri sobre a relação com Luciano Ayan, empresário ligado ao Movimento Brasil Livre (MBL), preso no ano passado por lavagem de dinheiro. 

“Vim aqui para falar sobre o deputado Kim Kataguiri, que de última hora fez uma candidatura fajuta à Câmara dos Deputados. Logo ele que é do grupo e da mesma turminha do Maia e vem apontar o dedo contra nós do governo para dizer que estamos com o Centrão. Ele próprio faz parte do Centrão. Infelizmente, ele não respondeu às minhas indagações sobre o Luciano Ayan, que é o apelido, na verdade, de Carlos Afonso, mentor do MBL, que foi pego numa operação da Polícia Federal, incluindo lavagem de dinheiro de milhões de reais. Na casa de uma das pessoas da MBL, foi encontrada uma bandeja com droga. São fatos lamentáveis que até agora não foram explicados”, disse Eduardo. 



Eduardo afirmou que responderá às ofensas na Justiça: “O deputado já tem ofendido com a intenção de insultar a mim e à minha família, falando diversos xingamentos. Agora, vamos nos ver na Justiça. Você terá que pagar e provar o que está falando. Inicialmente não queria processar o deputado. Agindo dessa maneira, que é um tanto quanto infantil, fica claro que ele quer holofote”. 

O filho de Jair Bolsonaro ainda disparou contra Kataguiri, dizendo que ele não tem moral “na rua e no Congresso”: “Não pode uma pessoa tão suja como você, com histórico do MBL, querer apontar o dedo para cima de nós. Logo, você, que é da turma do Maia. Talvez esse seja o segundo voto que você recebeu nesse fiasco que você fez na Câmara dos Deputados. Não tem moral na rua e no Congresso".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade