Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Moro sobre vacinação: Brasil pode 'trabalhar junto, como um só país'

A Anvisa aprovou neste domingo, 17, o uso emergencial da Coronavac e da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca


17/01/2021 18:55 - atualizado 17/01/2021 19:22

Sergio Moro(foto: Agência Brasil/Reprodução)
Sergio Moro (foto: Agência Brasil/Reprodução)
Para o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, a aprovação de vacinas contra a COVID-19 e a imunização da primeira brasileira com Coronavac, em São Paulo, mostra que o Brasil 'pode trabalhar junto como um só País'.

"Precisaremos disso para a necessária vacinação em massa", afirmou o ex-juiz da Lava Jato, que deixou o governo Bolsonaro em abril, no início da pandemia do novo coronavírus.

 

"A aprovação da Coronavac pela Anvisa e o início da vacinação contra a COVID pelo Governo de São Paulo mostram que precisamos trabalhar juntos como um só país. Isso será necessário para a vacinação em massa. Parabéns ao Governo de SP e ao Butantan."

 

 

 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária aprovou neste domingo, 17, por unanimidade, o uso emergencial da Coronavac e da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca.

Minutos após o fim da reunião da Anvisa, a enfermeira do Instituto Emílio Ribas Mônica Calzalans foi a primeira brasileira vacinada contra a Covid-19.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade