Publicidade

Estado de Minas ÚLTIMOS LÍDERES

Apenas Bolsonaro e Kim Jong-un não reconhecem vitória de Biden

Os dois presidentes ainda não 'cumprimentaram' o presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden


15/12/2020 15:44 - atualizado 15/12/2020 16:15

Jair Bolsonaro e Kim Jong-un são os únicos presidentes a não reconhecer vitória de Joe Biden nos Estados Unidos(foto: Agência Brasil/Reprodução AFP/Reprodução)
Jair Bolsonaro e Kim Jong-un são os únicos presidentes a não reconhecer vitória de Joe Biden nos Estados Unidos (foto: Agência Brasil/Reprodução AFP/Reprodução)
presidente do México, Andrés Manuel Lópes Obrador, comprimentou nesta terça-feira (15/12), por meio de uma carta, o presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden. Com isso, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro (sem partido) e o presidente da Coreia do Norte, Kim Jong-un, são os únicos ainda a não reconhecerem os resultados das eleições norte-americanas.

No Twitter, o secretário de Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, divulgou carta assinada pelo presidente mexicano.

“Temos a certeza de que, com você na Presidência dos Estados Unidos, será possível seguir aplicando os princípios básicos de política exterior estabelecidos na nossa Constituição.”


Nesta terça (15/12), o presidente russo, Vladimir Putin, também comprimentou Biden por meio de um telegrama. “Da minha parte, estou pronto para uma colaboração e para estabelecer contatos com você”, escreveu.

O silêncio do presidente brasileiro


Bolsonaro se recusa a admitir que Joe Biden, rival de seu aliado Donald Trump, ganhou as eleições americanas. O presidente chegou a questionar o sistema de apuração dos EUA e se recusou a falar do assunto com a imprensa. 

Os filhos do presidente, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), chegaram a chamar as eleições de fraudulentas. Pelas redes sociais, os dois militam à favor de Trump.

Vitória de Biden é confirmada

Joe Biden derrotou Donald Trump e se tornou o novo presidente dos Estados Unidos(foto: AFP/Reprodução)
Joe Biden derrotou Donald Trump e se tornou o novo presidente dos Estados Unidos (foto: AFP/Reprodução)
O Colégio Eleitoral confirmou na segunda-feira (14/12) a vitória de Joe Biden. A etapa é mais uma das formalidades entre a votação de novembro e a posse do democrata como novo presidente, prevista para 20 de janeiro.

Ao todo, Biden conquistou 306 delegados no Colégio Eleitoral, contra 232 de Trump. Em números absolutos, o democrata recebeu 81,3 milhões de votos, contra 74,3 milhões do republicano.
 
*Estagiária sob supervisão do subeditor João Renato Faria


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade