Publicidade

Estado de Minas DECISÃO

Passa Quatro: Justiça autoriza substituição do prefeito reeleito que morreu na véspera das eleições

Antônio Claret Mota Esteves sofreu um infarto no sábado (14/11) e foi reeleito com mais de 60% dos votos; Partido Verde fez a solicitação de substituição por Henrique Nogueira Gonçalves, prefeito interino


27/11/2020 19:44 - atualizado 27/11/2020 20:44

Henrique Nogueira Gonçalves (MDB) é o novo prefeito de Passa Quatro(foto: Arquivo Pessoal)
Henrique Nogueira Gonçalves (MDB) é o novo prefeito de Passa Quatro (foto: Arquivo Pessoal)
A Justiça Eleitoral definiu nesta sexta-feira (27/11) que Henrique Nogueira Gonçalves (MDB) é o novo prefeito de Passa Quatro, no Sul de Minas. O Partido Verde aguardava a autorização após a morte de Antônio Claret Mota Esteves, que sofreu um infarto no sábado (14/11) e foi reeleito com mais de 60% dos votos.

 

De acordo com o Partido Verde, a substituição feita no mesmo dia em que Claret morreu e a documentação de Henrique Nogueira Gonçalves, prefeito interino, seguia todas as leis eleitorais. “É uma questão de prazo e protocolos, mas Henrique preenchia os critérios”, diz Acácio Mendes de Andrade Junior, advogado da coligação.

 

Claret morreu na véspera da eleição e foi reeleito com mais de 60% dos votos(foto: Reprodução/Facebook)
Claret morreu na véspera da eleição e foi reeleito com mais de 60% dos votos (foto: Reprodução/Facebook)
Mesmo assim, a situação estava indefinida na cidade. A Justiça Eleitoral poderia repassar os votos de Claret para o indicado da legenda ou para o segundo colocado nas urnas, além de ter a possibilidade de uma nova eleição na cidade.

  

A decisão foi dada pelo juiz eleitoral de Itanhandu, Ronaldo Ribas da Cruz e o processo ainda cabe recurso. “Recurso é cabível por previsão legal, mas em todas as instâncias o mérito da questão já foi decidido a nosso favor, tanto no TRE quanto no TSE”, completa advogado.

 

Henrique Gonçalves era o vice-prefeito de Passa Quatro e passou a ser prefeito interino depois que Claret sofreu um infarto e foi internado no começo de novembro. Antônio Claret ficou internado por duas semanas no Hospital Regional, em Varginha, e faleceu um dia antes das eleições.

 

“Mesmo que o processo ainda cabe recurso, me sinto pronto para administrar a cidade pelos próximos quatro anos. Vou continuar o trabalho do meu amigo e irmão, Antônio Claret”, afirma Henrique.

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade