Publicidade

Estado de Minas Eleições 2020

Celso Cota vence nos votos em Mariana, mas ainda não levou. Entenda

Registro do candidato do MDB aguarda decisão final da Justiça Eleitoral. Os votos serão validados após a conclusão do processo


15/11/2020 23:35 - atualizado 15/11/2020 23:59

Celso Cota comemora em frente ao comitê eleitoral na noite deste domingo(foto: Reprodução/Facebook)
Celso Cota comemora em frente ao comitê eleitoral na noite deste domingo (foto: Reprodução/Facebook)
Com a candidatura indeferida com recurso, o candidato Celso Cota, (MDB) venceu a eleição em Mariana, Região Central de Minas Gerais. Com 100% das urnas apuradas, a primeira capital do estado tem 48.712 eleitores. Celso Cota teve 42,61% dos votos. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TSE), quando um candidato concorre a um cargo eletivo “sub judice”, os votos recebidos por ele ficam congelados até a sentença final, após trânsito em julgado.

Se o candidato for eleito no primeiro turno, e a decisão ainda não saiu, não poderá ser diplomada e nem empossado até o fim do julgamento. No caso de Celso Cota, se o recurso for indeferido, a eleição será anulada e ocorrerá um novo processo eleitoral na cidade.

O segundo lugar ficou com Newton Godoy, (Cidadania) com 32,23% e o terceiro colocado foi Bruno Mól, (Republicanos), com 13,04%. Votos brancos foram 3,31% e nulos, 7,83%.

Direitos suspensos 

Em 26 de outubro, a Juíza da 171ª Zona Eleitoral, Marcela Oliveira Decat de Moura, tomou a decisão referente à suspensão dos direitos políticos e da inscrição eleitoral de Celso Cota.

Procurado pelo Estado de Minas, o candidato não respondeu às perguntas. Nas redes sociais de Celso Cota foi publicado na noite deste domingo (15) um texto em agradecimento pelos votos: “Quero agradecer a todos, indistintamente, aqueles que votaram no 15 e aqueles que, democraticamente, escolheram outro caminho. Daqui pra frente é olhar para nossa cidade e construir uma Mariana grande de novo pra você."

A nota prossegue: “Vamos trabalhar por uma Mariana mais justa, digna e alegre. O nosso governo será para todos, independente da escolha de cada um. A nossa gente voltará a ser unida. A nossa vitória é a conquista de todos os marianenses”.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade