Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÕES 2020

Urnas eletrônicas serão auditadas para evitar fraudes amanhã em MG

TRE vai sortear 15 seções eleitorais do estado que terão equipamentos avaliados para garantir normalidade da votação no primeiro turno


14/11/2020 04:00 - atualizado 14/11/2020 10:26

As urnas eletrônicas estão sendo transferidas do centro de distribuição do TRE-MG, na Rodovia Presidente Juscelino Kubitschek, Bairro Morada Nova, para os quartéis da PM(foto: GLADYSTON RODRIGUES/EM/D.A.PRESS)
As urnas eletrônicas estão sendo transferidas do centro de distribuição do TRE-MG, na Rodovia Presidente Juscelino Kubitschek, Bairro Morada Nova, para os quartéis da PM (foto: GLADYSTON RODRIGUES/EM/D.A.PRESS)


Amanhã, 147,9 milhões de eleitores irão às urnas nos 5.568 municípios brasileiros para escolher novos prefeitos e vereadores, exceto em 16 cidades do Amapá, na Região Norte do país, onde a votação foi adiada por causa do apagão que atinge o estado há uma semana.

O segundo turno está marcado para o dia 29 nos municípios com mais de 200 mil eleitores e se houver necessidade. Em Minas, segundo colégio eleitoral do país, são 15.692.491 pessoas aptas a votar, incluindo 1.943.184 em Belo Horizonte.

Será a primeira eleição sob os efeitos da pandemia do novo coronavírus, o que exige da Justiça Eleitoral o cumprimento de uma série de medidas para evitar a contaminação durante o processo de votação, principalmente uso de máscaras e necessidade de distanciamento entre as pessoas.

Pequenos municípios mineiros onde existe risco de conflitos receberam reforço de 550 policiais e 120 viaturas para garantir a lisura do processo.

As urnas eletrônicas que serão usadas amanhã em Minas estão sendo despachadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) aos quartéis da Polícia Militar, onde ficarão sob guarda. São 50 mil equipamentos que atenderão a todas as seções eleitorais do estado. Em Belo Horizonte, 18 seções passam por conferência. O TRE vai sortear 15 seções eleitorais do estado cujas urnas serão auditadas por meio de dois procedimentos.

A audiência pública do sorteio será conduzida pelo juiz auxiliar da Corregedoria do TRE, Paulo de Tarso Tamburini Souza, que preside a Comissão de Auditoria da Votação Eletrônica para as Eleições 2020. A sessão está marcada para as 9h de hoje, na Sala de Sessões do TRE-MG, e será transmitida ao vivo pelo canal do TRE-MG no YouTube. O Ministério Público Eleitoral acompanha todo o procedimento. Estão convidados também representantes dos partidos e coligações envolvidas no pleito e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Em razão do protocolo sanitário adotado pela Justiça Eleitoral, haverá limitação do número de pessoas no recinto, com a presença somente dos representantes exigidos pela legislação.

De acordo com o TRE, Minas Gerais tem  48.657 urnas, incluindo 4.876 em Belo Horizonte. As urnas da capital e de Contagem estavam armazenadas no Centro de Apoio, limite dos dois municípios. Na quinta-feira à tarde, elas começaram a ser transportadas para batalhões da Polícia Militar, onde ficam guardadas em segurança até a madrugada de amanhã. As urnas estão sendo levadas em caminhões, sempre com escolta da PM. As de Contagem serão transportadas hoje à tarde, em ônibus do transporte público municipal, também com escolta policial.

Do total de urnas de Minas, 4.315 são de reserva, sendo 290 para BH. Quando uma urna apresenta problema na seção eleitoral, o mesário entra em contato com o cartório responsável e solicita a troca. A duração da bateria de cada urna depende do ano de fabricação. O TRE também tem baterias de reserva para o caso de substituição. As urnas de lona com cédulas de papel só são utilizadas nos casos em que não há urna eletrônica de reserva para substituir a que apresentou problema.


PAÍS

O estado que registrou o maior aumento do eleitorado, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foi o Amazonas, que passou de 2.320.326 eleitores para 2.503.269, desde 2016, evolução de 7,88%. O único que apresentou redução no número de eleitores foi Tocantins, que caiu 0,17% (em 2016, eram 1.037.063; em 2020, são 1.035.289). A unidade com o maior colégio eleitoral é São Paulo, com 33.565.294 eleitores. Houve aumento de 2,69% em relação ao último pleito. Proporcionalmente, a capital de São Paulo representa também o maior município em número de eleitores, com 8.986.687 no total. Já o município com o menor eleitorado é Araguainha (MT), com 1.001 eleitores. Essa cidade também foi o menor colégio eleitoral de 2016, perdendo o posto em 2018 para Serra da Saudade (MG), hoje com 941 eleitores.

Acompanhe, ao vivo, a apuração das urnas neste domingo (15), a partir das 17h, pelo uai.com.br e em.com.br

Primeiro turno de votação nas eleições 2020 será em 15 novembro. Confira nosso guia
Primeiro turno de votação nas eleições 2020 será em 15 novembro. Confira nosso guia

Eleições 2020: como votar, datas e horários

O primeiro turno das eleições 2020 será em 15 de novembro e, caso seja necessário no seu município, o segundo turno será realizado em 29 de novembro de 2020. Nestas eleições, o horário de votação é das 7h às 17h. O horário entre 7h e 10h é preferencial para maiores de 60 anos.

Com as novas medidas diante da pandemia do coronavírus, preparamos um guia com tudo que você precisa saber para votar nas eleições 2020.

O que muda nas eleições 2020?

Muitas mudanças foram feitas pela Justiça Eleitoral para os candidatos a prefeito e vereador durante o período eleitoral de 2020. Além disso, os eleitores também terão de se adaptar às novas normas para os dias de votação, como a abertura antecipada das seções eleitorais e as regras de higiene que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).  


Como justificar o voto nas eleições 2020?

Os eleitores poderão optar por justificar o voto de três formas: 
  • No dia das eleições: o eleitor que estiver fora de sua cidade pode justificar a ausência em qualquer local de votação, das 7h às 17h. O eleitor deverá ter o número do título, um documento oficial de identificação e o formulário de justificativa preenchido.

  • Depois das eleições: preenchendo o formulário de justificativa em qualquer cartório eleitoral ou posto de atendimento ao eleitor em até 60 dias após a votação.

  • A justificativa também poderá ser feita pelo celular no aplicativo e-Título.

Eleições 2020 em Belo Horizonte

Na capital mineira, 15 candidatos disputam as eleições para prefeito. Conheça quem são os candidatos e o perfil de cada na corrida rumo à Prefeitura de Belo Horizonte (PBH). Já para vereador, Belo Horizonte conta com mais de 1,5 mil candidatos. Alguns apostaram em apelidos e codinomes bem inusitados para conseguir votos.



Para acompanhar a cobertura completa das eleições em BH, acesse nosso especial

Para saber mais sobre as Eleições 2020 em Minas Gerais, leia também a cobertura completa das eleições na Grande BH e nas regiões Centro-OesteLesteNorteSul de MinasTriângulo Mineiro e Zona da Mata.






receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade