Publicidade

Estado de Minas CAMPANHA

Rojão fora de hora atinge duas pessoas e assusta agenda de Luisa Barreto

Um membro da equipe do candidato a vereador pelo PSDB, Lúcio Bocão, foi responsável por jogar o artefato. Pessoas atingidas sofreram apenas escoriações leves e rejeitaram atendimento médico


25/10/2020 16:05 - atualizado 25/10/2020 16:27

Agenda de Luisa Barreto (PSDB) foi na Região Oeste de BH(foto: Júnia Garrido/Divulgação)
Agenda de Luisa Barreto (PSDB) foi na Região Oeste de BH (foto: Júnia Garrido/Divulgação)
A agenda de campanha da candidata à Prefeitura de Belo Horizonte pelo PSDB, Luísa Barreto, ao lado do candidato a vice-prefeito, Juvenal Araújo, e do candidato a vereador pelo partido Lúcio Bocão, contou com contratempos, neste domingo (25), no Bairro Cabana do Pai Tomáz, na Região Oeste da capital.

Antes da chegada de Luisa, um dos membros da equipe de Lúcio soltou um rojão, que acabou explodindo próximo à rua e chegou a atingir duas pessoas, que sofreram apenas escoriações leves.

“A gente estava mobilizando os apoiadores para receber a Luisa. Um dos colaboradores, afoito, soltou o foguete, bateu no fio e voltou. Acertou duas pessoas, eu propus de levá-las na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) mas não quiseram e continuaram o cortejo conosco”, explicou o candidato que disputa uma vaga na Câmara Municipal.

Lúcio garantiu que os candidatos não farão mais uso desse tipo de artefato. “Depois do susto, agora cortei. Vamos fazer sem foguete. Vamos ter carro de som, gastar dois sapatos e andar muito nas comunidades de BH”, disse.

Luisa Barreto

Em visita ao aglomerado da Cabana do Pai Tomaz, Luisa criticou o que chamou de “estado de abandono” dos pequenos comerciantes, por parte da atual administração, em função dos reflexos da pandemia.

Segundo Luísa, por toda a cidade, os comerciantes, principalmente os pequenos, reclamam que foram deixados à “própria sorte” pelo prefeito Alexandre Kalil. “Eles reclamam muito de não ter a quem procurar na prefeitura e também do excesso de burocracia, o que dificulta a obtenção de licenças e alvarás para o funcionamento. Temos uma prefeitura que, hoje, é inimiga de quem empreende em Belo Horizonte”, afirmou Luísa.

Durante a caminhada, Luísa defendeu a necessidade de concentrar os serviços em um só local para facilitar a vida destes microempreendedores. “Tenho a proposta da criação de um Centro de Recuperação de Negócios, um espaço que vai abrigar os órgãos da prefeitura, Sistema S, bancos públicos, tudo que os pequenos empresários precisam em um mesmo lugar. Esse é um espaço de escuta onde a prefeitura vai buscar, junto a esses empresários, entender como a prefeitura pode ser menos burocrática e mais simples para melhorar o ambiente de negócios”, explicou.

Outras campanhas

Neste domingo (25), Rodrigo Paiva (Novo) cumpriu agenda no Mercado Novo, no Centro de BH, onde aproveitou para comemorar seu aniversário. Ele contou com a presença e apoio do governador de Minas, Romeu Zema (Novo).

Confira a agenda dos outros candidatos à Prefeitura de Belo Horizonte neste domingo (25/10).

Primeiro turno de votação nas eleições 2020 será em 15 novembro. Confira nosso guia
Primeiro turno de votação nas eleições 2020 será em 15 novembro. Confira nosso guia

Eleições 2020: como votar, datas e horários

O primeiro turno das eleições 2020 será em 15 de novembro e, caso seja necessário no seu município, o segundo turno será realizado em 29 de novembro de 2020. Nestas eleições, o horário de votação é das 7h às 17h. O horário entre 7h e 10h é preferencial para maiores de 60 anos.

Com as novas medidas diante da pandemia do coronavírus, preparamos um guia com tudo que você precisa saber para votar nas eleições 2020.

O que muda nas eleições 2020?

Muitas mudanças foram feitas pela Justiça Eleitoral para os candidatos a prefeito e vereador durante o período eleitoral de 2020. Além disso, os eleitores também terão de se adaptar às novas normas para os dias de votação, como a abertura antecipada das seções eleitorais e as regras de higiene que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).  


Como justificar o voto nas eleições 2020?

Os eleitores poderão optar por justificar o voto de três formas: 
  • No dia das eleições: o eleitor que estiver fora de sua cidade pode justificar a ausência em qualquer local de votação, das 7h às 17h. O eleitor deverá ter o número do título, um documento oficial de identificação e o formulário de justificativa preenchido.

  • Depois das eleições: preenchendo o formulário de justificativa em qualquer cartório eleitoral ou posto de atendimento ao eleitor em até 60 dias após a votação.

  • A justificativa também poderá ser feita no aplicativo e-Título.

Eleições 2020 em Belo Horizonte

Na capital mineira, 15 candidatos disputam as eleições para prefeito. Conheça quem são os candidatos e o perfil de cada na corrida rumo à Prefeitura de Belo Horizonte (PBH). Já para vereador, Belo Horizonte conta com mais de 1,5 mil candidatos. Alguns apostaram em apelidos e codinomes bem inusitados para conseguir votos.



Para acompanhar a cobertura completa das eleições em BH, acesse nosso especial

Para saber mais sobre as Eleições 2020 em Minas Gerais, leia também a cobertura completa das eleições na Grande BH e nas regiões Centro-OesteLesteNorteSul de MinasTriângulo Mineiro e Zona da Mata.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade