Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÕES 2020

Candidato à Prefeitura de Nova Lima acusa vice-prefeito de disseminar 'fake news'

Notícia-crime pede investigação de invasão de páginas em redes sociais e disseminação de áudios com 'fake news'


21/10/2020 14:22 - atualizado 21/10/2020 15:57

Denúncia de 'fake news' nas eleições cita vice-prefeito de Nova Lima (foto: Wikipedia/Divulgação )
Denúncia de 'fake news' nas eleições cita vice-prefeito de Nova Lima (foto: Wikipedia/Divulgação )
Uma notícia-crime entregue ao Ministério Público Eleitoral (MPE) na última sexta-feira (16) esquentou a disputa pela cadeira de prefeito em Nova Lima, na Região Metropolitana de BH (RMBH). O vereador e candidato Wesley de Jesus (DEM) associou o atual vice-prefeito e também candidato à prefeitura João Marcelo (Cidadania) a uma campanha de fake news. 

Segundo a denúncia, desde 3 de outubro, áudios começaram a circular pelas redes sociais acusando Wesley de obrigar motoristas  de uma cooperativa, que presta serviço à Prefeitura de Nova Lima, a comparecerem a um evento eleitoral do tipo "drive in" com carreata e adesivamento de veículos. 
 
No áudio, o suposto motorista, que estava com a voz distorcida, reclama da pressão que estaria sofrendo para comparecer ao evento organizado pelo comitê de Wesley de Jesus. "Chegaram na cooperativa avisando que se não fosse (ao evento) estava cortado da cooperativa. E tinha que ir nessa porra dessa carreata para receber R$30 de gasolina. O que eu vou fazer com R$ 30 de gasolina?." 

Ao tomar conhecimento do áudio, Wesley, que também é advogado, contratou os serviços de um perito especialista em comparação forense. Ao retirar a distorção da voz, a perícia pôde realizar a comparação da fala com outros áudios, e afirmou que a voz do suposto motorista, seria, na verdade, de Leonardo Ângelo Costa Ribeiro, chefe de gabinete do vice-prefeito da cidade. Segundo o laudo, a probabilidade de que a voz no áudio seja de Leonardo é de 99,2%.  
 
"Me senti afetado pessoalmente e profissionalmente pelo áudio. Perdi até mesmo um cliente do meu escritório por causa disso", lamenta Wesley.  

Com a conclusão da perícia, Wesley de Jesus apresentou a notícia-crime ao MPE. No pedido, Wesley ressalta que Leonardo Ângelo é músico, e que possui em casa um estúdio com capacidade técnica para produzir montagens e notícias falsas. "Não é qualquer voz, o Leonardo é cantor no município, é uma voz muito conhecida aqui", acrescentou Wesley. 

Através de nota, o vice-prefeito e candidato João Marcelo, manifestou incredulidade e surpresa pela associação "leviana" de uma enxurrada de notícias "abjetas", à sua campanha. "João Marcelo integra um movimento político que defende a renovação e não compactua com as velhas práticas historicamente usadas pelos mesmos grupos de poder. 

Invasão de páginas em redes sociais 


Ainda segundo a notícia-crime, páginas nas redes socias do candidato à vice-prefeito na chapa de Wesley de Jesus, Fausto Niquini, teriam sido invadidas por uma empresa de marketing digital contratada pela equipe do candidato adversário, João Marcelo. 
 
Após anunciar apoio à candidatura de Wesley de Jesus, Fausto Niquini teria sido vítima de um hacker que invadiu suas páginas e postou um vídeo antigo no qual Fausto declarava apoio à João Marcelo.
 
De acordo com a equipe campanha de Wesley e Fausto, tal vídeo teria sido gravado como forma de realizar uma pesquisa com o eleitorado de Nova Lima, e que não foi feito com o intuito de ser divulgado publicamente. 

A notícia-crime relata que a publicação do vídeo foi feita a partir do celular da filha do dono da agência de marketing digital. 

Primeiro turno de votação nas eleições 2020 será em 15 novembro. Confira nosso guia
Primeiro turno de votação nas eleições 2020 será em 15 novembro. Confira nosso guia

Eleições 2020: como votar, datas e horários

O primeiro turno das eleições 2020 será em 15 de novembro e, caso seja necessário no seu município, o segundo turno será realizado em 29 de novembro de 2020. Nestas eleições, o horário de votação é das 7h às 17h. O horário entre 7h e 10h é preferencial para maiores de 60 anos.

Com as novas medidas diante da pandemia do coronavírus, preparamos um guia com tudo que você precisa saber para votar nas eleições 2020.

O que muda nas eleições 2020?

Muitas mudanças foram feitas pela Justiça Eleitoral para os candidatos a prefeito e vereador durante o período eleitoral de 2020. Além disso, os eleitores também terão de se adaptar às novas normas para os dias de votação, como a abertura antecipada das seções eleitorais e as regras de higiene que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).  


Como justificar o voto nas eleições 2020?

Os eleitores poderão optar por justificar o voto de três formas: 
  • No dia das eleições: o eleitor que estiver fora de sua cidade pode justificar a ausência em qualquer local de votação, das 7h às 17h. O eleitor deverá ter o número do título, um documento oficial de identificação e o formulário de justificativa preenchido.

  • Depois das eleições: preenchendo o formulário de justificativa em qualquer cartório eleitoral ou posto de atendimento ao eleitor em até 60 dias após a votação.

  • A justificativa também poderá ser feita no aplicativo e-Título.

Eleições 2020 em Belo Horizonte

Na capital mineira, 15 candidatos disputam as eleições para prefeito. Conheça quem são os candidatos e o perfil de cada na corrida rumo à Prefeitura de Belo Horizonte (PBH). Já para vereador, Belo Horizonte conta com mais de 1,5 mil candidatos. Alguns apostaram em apelidos e codinomes bem inusitados para conseguir votos.



Para acompanhar a cobertura completa das eleições em BH, acesse nosso especial

Para saber mais sobre as Eleições 2020 em Minas Gerais, leia também a cobertura completa das eleições na Grande BH e nas regiões Centro-OesteLesteNorteSul de MinasTriângulo Mineiro e Zona da Mata.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade