Publicidade

Estado de Minas Atenção paterna

Dallagnol insiste com amigos que filha o motivou a abandonar Lava-Jato

Procurador justifica que a filha está passando por uma série de exames e acompanhamentos para chegar a um diagnóstico, que deve demorar 9 semanas


07/09/2020 11:33 - atualizado 07/09/2020 12:02

Dellagnol e afilha de um ano e 10 meses(foto: Reprodução/Redes Sociais)
Dellagnol e afilha de um ano e 10 meses (foto: Reprodução/Redes Sociais)

A jornalista Ana Maria Campos, do Correio Braziliense, publicou no blog Eixo Capital, que o procurador Deltan Dallagnol tem insistido com amigos que só deixou a Lava-Jato para se dedicar aos cuidados com a saúde da filha de 1 ano e 10 meses,  cujo diagnóstico médico está sendo concluído por especialistas.

Diagnóstico


Segundo Dallagnol,  ele e a esposa notaram algumas mudanças que causaram preocupação na criança, como não olhar mais no rosto e nos olhos dos pais, parar de falar palavras que já sabia e deixar de olhar quando é chamada.

Ainda conforme Dellagnol, os médicos levantaram algumas suspeitas,e a filha esta passando por uma série de exames e acompanhamentos para chegar a um diagnóstico, que deve demorar 9 semanas


Confira a a nota


"Ao deixar a coordenação da Operação Lava-Jato em Curitiba, o procurador da República Deltan Dallagnol despertou dúvidas na opinião pública sobre os reais motivos do afastamento justamente num momento em que é alvo de bombardeios. Mas a história é outra.

A amigos, ele disse que, apesar da liderança, poderá ser substituído por outros integrantes do Ministério Público no combate à corrupção. Mas ninguém pode exercer em seu lugar o papel de pai da Sofia, de um ano e 10 meses, que precisa de assistência para se desenvolver.'' Muitos amigos seguem apoiando."


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade