Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Bolsonaro sobre TV Globo: 'Uma acusação de genocida para cima de mim no horário nobre'

Editorial do Jornal Nacional sobre as 100 mil mortes por COVID-19 no Brasil incomodou o presidente


13/08/2020 19:50 - atualizado 13/08/2020 21:41

Presidente Jair Bolsonaro durante sua live semanal desta quinta-feira(foto: Reprodução/Facebook)
Presidente Jair Bolsonaro durante sua live semanal desta quinta-feira (foto: Reprodução/Facebook)
O presidente Jair Bolsonaro disse, nesta quinta-feira, que vai “tentar a responsabilização” da TV Globo por uma matéria veiculada no último sábado (8), data em que o Brasil atingiu a marca de 100 mil mortes causadas pela COVID-19.

“Vamos tentar a responsabilização e o esclarecimento da verdade no tocante a essa matéria, que não dá para a gente não se defender disso. Porque uma acusação de genocida para cima de mim no horário nobre... Isso é bem claro, de que eu sou o responsável que devia cumprir a Constituição. Será que o presidente está cumprindo a Constituição? Com tudo que nós fizemos. Quase R$700 bilhões de uma forma ou outra para combater o vírus”, disse o presidente em sua live semanal pelas redes sociais.

No último sábado, o editorial do Jornal Nacional, lido ao vivo por William Bonner e Renata Vasconcelos, questionou duramente a postura de Bolsonaro na gestão da crise do coronavírus. O telejornal culpou o presidente por parte dos óbitos e relembrou algumas declarações dele desde o início da pandemia, como o “e daí?” e “não sou coveiro”.

Pouco depois, Bolsonaro rebateu as críticas pelo Twitter. Sem citar nomes, afirmou que a Globo “só espalhou o pânico na população e a discórdia entre os Poderes” e “desdenhou, debochou e desestimulou” o uso da hidroxicloroquina – medicamento que não tem eficácia contra a COVID-19 comprovada cientificamente.

Veja abaixo o vídeo do editorial do Jornal Nacional sobre as 100 mil mortes por COVID-19 no Brasil




receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade