UAI
Publicidade

Estado de Minas EMERGÊNCIA FISCAL

COVID-19: Assembleia reconhece estado de calamidade em mais 19 cidades de Minas

No total, 471 municípios mineiros se encontram nessa situação


12/08/2020 12:19 - atualizado 12/08/2020 12:51

Assembleia Legislativa de Minas Gerais(foto: Emmanuel Pinheiro/EM/D.A. Press)
Assembleia Legislativa de Minas Gerais (foto: Emmanuel Pinheiro/EM/D.A. Press)
Em reunião extraordinária na manhã desta quarta-feira (12), os deputados estaduais aprovaram um projeto que reconhece o estado de calamidade pública em mais 19 cidades mineiras em virtude da pandemia do novo coronavírus. Com isso, no total, 471 municípios mineiros se encontram nessa situação.

Os novos municípios são Rio Piracicaba (Região Central); Luislândia e Urucuia (Norte de Minas); Andradas, Campestre, Delfim Moreira, Itamonte, Monte Sião e Olímpio Noronha (Sul); Galiléia (Vale do Rio Doce); Caparaó, Chiador e Muriaé (Zona da Mata); Unaí (Noroeste); Jacinto, Ouro Verde de Minas e Rio do Prado (Jequitinhonha/Mucuri); e Carmo do Cajuru e Ibituruna (Centro-Oeste).

O reconhecimento veio a partir do Projeto de Resolução (PRE) 106/20, sob relatoria do deputado André Quintão (PT). Com isso, os municípios têm o direito de suspensão de prazos e limites referentes a despesas com pessoal e dívida pública fixados pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade