Publicidade

Estado de Minas E VOCÊ, QUEM VAI SER?

Eduardo Bolsonaro compara movimento Black Lives Matter a nazismo

O filho do presidente fez uma analogia entre o jogador de beisebol americano Sam Coonrod e o alemão August Landmesser


28/07/2020 18:13 - atualizado 28/07/2020 21:13

Sam Conrod e o alemão August Landmesser(foto: Twitter/Reprodução)
Sam Conrod e o alemão August Landmesser (foto: Twitter/Reprodução)
O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) comparou o movimento Black Lives Matter com o nazismo na Alemanha nesta terça-feira (28). Em postagem no Twitter, o filho do presidente fez uma analogia entre o jogador de beisebol americano Sam Conrod e o alemão August Landmesser. 



“Num jogo de beisebol nos EUA, o jogador Sam Coonrod se recusou a fazer o ato quase humilhante de apoio ao black lives matter, movimento que espalha caos por onde passa. A imagem lembrou o alemão August Landmesser, que corajosamente se recusou a saudar Hitler. E vc, quem quer ser?”, escreveu. 

Entenda


Na última sexta-feira (24), o arremessador do San Francisco Giants, Sam Coonrod, se recusou a ajoelhar durante o hino nacional antes do jogo citando sua fé cristã como motivo. A homenagem foi feita para o movimento Black Lives Matter, que luta pelos direitos iguais entre brancos e pretos e pela justiça da morte de negros pela polícia nos Estados Unidos. 

Em entrevista à NBC Sports, Coonrod explicou que "não pode se ajoelhar diante de nada além de Deus". Ele também disse que recusaria a se ajoelhar para o movimento Black Lives Matter, dado o que o "grupo realmente representa”.

August Landmesser, foi um operário do estaleiro Blohm + Voss em Hamburgo, Alemanha. Ele ficou conhecido por aparecer em uma fotografia recusando-se a fazer a saudação nazista no lançamento do navio de treinamento SSS Horst Wessel em 13 de junho de 1936. Casado com uma judia, ele foi preso por “desonrar a raça”. 

Black Lives Matter

Em 2020, diversos protestos espalhados pelo mundo surgiram com a bandeira 'Black Lives Matter'(foto: AFP/Reprodução)
Em 2020, diversos protestos espalhados pelo mundo surgiram com a bandeira 'Black Lives Matter' (foto: AFP/Reprodução)
O Black Lives Matter, em tradução livre "Vidas Negras Importam", é um movimento que teve origem em 2013. Criado por três ativistas norte-americanas, luta pela igualdade entre raças e pela valorização de vidas negras. O lema da fundação é "erradicar a supremacia branca e construir poder local para intervir na violência infligida às comunidades negras.”
 
Em 2020, diversos protestos espalhados pelo mundo surgiram com essa bandeira. Os atos simultâneos realçam a crescente insatisfação com o tratamento dado pela polícia às minorias, cujo estopim foi o assassinato de George Floyd, em Mineápolis, Estados Unidos, em 25 de maio.

Nazismo

O nazismo tinha como principal liderança Adolf Hitler(foto: Redes Socias/Reprodução)
O nazismo tinha como principal liderança Adolf Hitler (foto: Redes Socias/Reprodução)
O nazismo foi uma das principais expressões do fascismo europeu durante o período entre guerras. Corrente política surgida na Alemanha no final da década de 1910 e início da década de 1920, esse idealismo tinha como principal liderança o ex-cabo do exército alemão na I Guerra Mundial, Adolf Hitler. Ele ficou conhecido por perseguir judeus e idealizar uma “supremacia branca.”

Vale relembrar que o nazismo construiu um estado totalitário na Alemanha na década de 1930, sendo esse fato o principal motivo de eclosão da II Guerra Mundial.
 
*Estagiária sob supervisão de Álvaro Duarte


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade