Publicidade

Estado de Minas DIREITA X ESQUERDA

'Não vamos votar em um só para tirar o outro' diz Luiz Henrique Mandetta

O ex-ministro afirmou que polarização 'tira as melhores oportunidades da nossa geração'


postado em 29/06/2020 19:02 / atualizado em 29/06/2020 22:19

 

O ex-ministro da saúde comentou sobre a política brasileira na live do Partido Democrata (foto: Reprodução Redes Sociais )
O ex-ministro da saúde comentou sobre a política brasileira na live do Partido Democrata (foto: Reprodução Redes Sociais )

O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta voltou a criticar a polarização da política brasileira. "Ninguém aguenta mais essa polarização, tem muita gente que quer um caminho novo", comentou Mandetta em uma live no perfil oficial do Partido Democratas (DEM) no Instagram. O ex-ministro afirmou que o extremismo político “tira as melhores oportunidades da nossa geração”.

Mandetta pediu para a população evitar um combate direto entre dois políticos na época de eleições. “Não vamos votar em um só para tirar o outro”, explicou.

E completou afirmando há políticos abertos a diálogos que devem ser valorizados. “Vamos criar um futuro sem polarização”, concluiu.

O ex-ministro voltou a criticar o governo Bolsonaro na live: “Ninguém vai a um país que esconde os números da pandemia. Ninguém vai a um país que quer romper com a democracia”.

Além disso, o ex-ministro afirmou que a Câmara dos Deputados tem que ser “anti-César”, em referência ao ditador romano Júlio César, ou seja, não deve acatar todas as regras do presidente.

 

*Estagiária sob supervisão da subeditora Kelen Cristina  

 

 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade