Publicidade

Estado de Minas STF

Luiz Fux é eleito presidente do Supremo Tribunal Federal

A eleição, que normalmente aconteceria em agosto, foi adiantada em razão da pandemia do novo coronavírus


postado em 25/06/2020 15:23 / atualizado em 25/06/2020 17:05

(foto: Agência Brasil/Reprodução)
(foto: Agência Brasil/Reprodução)
O ministro Luiz Fux foi eleito nesta quinta-feira (25) presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) pelos próximos dois anos. A ministra Rosa Weber foi apontada como vice-presidente. A eleição foi adiantada em razão da pandemia do novo coronavírus. Em condições normais, o pleito aconteceria em agosto.
 
 
"Na qualidade de presidente eleito do STF, quero fazer uma promessa que vem de dentro. Prometo aos meus colegas que vou lutar intensamente para manter o Supremo Tribunal Federal no mais alto patamar das instituições brasileiras. Vou sempre me empenhar pelos valores morais, pelos valores republicanos, me empenhar pela luta da democracia e respeitar a independência entre os poderes, dentro dos limites da Constituição e da lei. Que Deus me proteja", disse Fux.

O presidente assumirá o cargo no dia 10 de setembro. Ele vai substituir o ministro Dias Toffoli, que hoje comanda o STF.
 
Vale relembrar que as eleições do Supremo são protocolares, ou seja assumem o sistema de rodízio baseado no critério de antiguidade. É sempre eleito o ministro mais antigo que ainda não presidiu.
 
Advogado formado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Luiz Fux foi promotor de Justiça e juiz estadual. Em 2011, foi indicado a vaga do STF pela então presidente Dilma Roussseff.
 
*Estagiária sob supervisão da editora Liliane Corrêa


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade