Publicidade

Estado de Minas PRESSÃO SOBRE BOLSONARO

Maia diz que decidirá sobre pedidos de impeachment de Bolsonaro 'no momento adequado'

'Assunto deve ser tratado com cuidado, sob risco de colocar mais lenha na fogueira em um momento de crise', afirmou presidente da Câmara


postado em 01/06/2020 20:54 / atualizado em 01/06/2020 20:58

'Assunto deve ser tratado com cuidado, sob risco de colocar mais lenha na fogueira em um momento de crise', afirmou Rodrigo Maia(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
'Assunto deve ser tratado com cuidado, sob risco de colocar mais lenha na fogueira em um momento de crise', afirmou Rodrigo Maia (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
Com mais de 30 pedidos de impeachment do presidente Jair Bolsonaro na mesa, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), não acredita que é o momento ideal para pautar algum deles. O assunto deve ser tratado com "cuidado", sob risco de "colocar mais lenha na fogueira" em um momento de crise, afirmou o deputado, em entrevista ao portal Uol, nesta segunda-feira (1/6).

"No momento adequado, vou decidir", disse Maia. Para ele, "o tempo (para tomar uma decisão) é o tempo da política". "A gente não pode colocar mais lenha na fogueira. Uma decisão política de impeachment precisa ser muito bem avaliada, para que a gente não gere mais conflitos, mais desarmonia e mais crise política no Brasil", ponderou.

O presidente da Câmara acrescentou que o foco, no momento, deve ser o enfrentamento à COVID-19. "Não devo ficar dando muita opinião sobre esse assunto, sabendo que a nossa prioridade deve ser tentar unificar esse país para que a gente possa ter mais força e melhores condições para enfrentar o vírus", disse.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade