Publicidade

Estado de Minas CRISE NO PLANALTO

Bolsonarista, deputada mineira relata 'tristeza' causada por saída de Moro

Pelo Twitter, Alê Silva, do PSL, lamentou o pedido de demissão do ex-ministro


postado em 24/04/2020 14:37 / atualizado em 24/04/2020 16:22

Alê Silva integra a base de apoio ao governo federal no Congresso Nacional(foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados )
Alê Silva integra a base de apoio ao governo federal no Congresso Nacional (foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados )
A deputada federal mineira Alê Silva (PSL) utilizou o Twitter para comentar a saída de Sérgio Moro do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Advogada, ela comparou a situação ao divórcio de um casal. O ex-juiz oficializou a decisão de deixar o governo nesta sexta-feira.
  
“Atuei em muitos e muitos divórcios. Uns mais fáceis de serem resolvidos, outros mais difíceis, mas o ponto em comum entre todos era que, independente (sic) dos motivos, a separação sempre era muito triste. É o que eu tenho a dizer por hoje”, disse Alê, em referência à saída de Moro.



Em postagem anterior, também feita nesta sexta (24), a parlamentar publicou uma foto ao lado de Moro e fez um agradecimento ao ex-ministro.

 

A reportagem do Estado de Minas tentou repercutir, junto à deputada, a decisão do ex-juiz. Ela, no entanto, alegou que vai aguardar o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que prometeu 'explicar', nesta tarde, as saídas de Moro e Maurício Valeixo, que ocupava a diretoria-geral da Polícia Federal. A exoneração do comandante da PF gerou o pedido de demissão do ex-juiz.

Em rápido contato com a reportagem, via mensagens de texto, outro mineiro a integrar a base de apoio do governo federal na Câmara Federal, Cabo Júnio Amaral (PSL) também disse que irá esperar o posicionamento de Bolsonaro para opinar.

Interferência

Ao anunciar a saída do Palácio do Planalto, Moro acusou Bolsonaro de tentar interferir no trabalho da Polícia Federal. Segundo o ex-ministro, o chefe do Executivo queria acesso aos relatórios do órgão.

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade