Publicidade

Estado de Minas CRISE NO PLANALTO

Bolsonaro promete 'restabelecer a verdade' sobre a saída de Moro

Presidente irá abordar o tema em entrevista coletiva nesta tarde. Ele foi acusado de interferir no trabalho da Polícia Federal


postado em 24/04/2020 13:55 / atualizado em 24/04/2020 17:32

Exoneração de diretor-geral da Polícia Federal motivou a saída de Moro do Planalto.(foto: Isac Nóbrega/PR)
Exoneração de diretor-geral da Polícia Federal motivou a saída de Moro do Planalto. (foto: Isac Nóbrega/PR)
Pelo Twitter, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que vai explicar, em entrevista coletiva, às 17h desta sexta-feira, a saída de Sergio Moro do Ministério da Justiça e Segurança Pública. O chefe do Executivo prometeu esclarecer, ainda, a exoneração de Maurício Valeixo da diretoria-geral da Polícia Federal, decisão que motivou a saída do ex-juiz da cúpula ministerial.




A mudança na chefia da PF motivou a saída de Moro do governo federal. Na manhã desta sexta, ao anunciar a decisão, o ex-ministro acusou Bolsonaro de tentar interferir politicamente no comando do órgão para obter acesso a informações sigilosas e relatórios de inteligência.

"Falei para o presidente que aceitava trocar o comando da PF, mas com motivo, em caso de erro", disse ele, que vê "interferência política" na decisão presidencial. Ao se despedir, Moro lembrou que ao aceitar o convite, em 2018, recebeu garantia que teria “carta branca” para nomear os auxiliares e, também, autonomia nas investigações da Polícia Federal.

 

Com informações da Agência Estado. 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade