Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS

Com coronavírus, motorista de Bolsonaro é transferido para hospital particular

Ao menos 26 pessoas que estavam na comitiva do presidente já testaram positivo para a Covid-19


postado em 27/03/2020 21:11 / atualizado em 27/03/2020 23:14

Presidente já realizou três testes, mas todos deram negativo para a doença. Ele, contudo, se nega a apresentar os resultados à imprensa(foto: Carolina Antunes/PR)
Presidente já realizou três testes, mas todos deram negativo para a doença. Ele, contudo, se nega a apresentar os resultados à imprensa (foto: Carolina Antunes/PR)

 
O motorista do presidente Jair Bolsonaro, diagnosticado com infecção pelo novo coronavírus, foi transferido, nesta sexta-feira (27), para um hospital particular do Bairro Asa Sul, em Brasília. No início da semana, ele tinha dado entrada no Instituto Hospital de Base com problemas respiratórios.
 
O número de pessoas contaminadas no entorno do presidente Jair Bolsonaro não para de crescer. Já são pelo menos 26, incluindo um de seus seguranças, que está em estado delicado. Ari Celso Rocha Lima de Barros estava em isolamento domiciliar, mas acabou sendo internado devido a complicações.

Bolsonaro já teria feito três exames para detectar uma possível contaminação por coronavírus. Ele garante que, em todas as oportunidades, os resultados foram negativos. O presidente se nega, porém, a apresentar os exames.
 
A maior parte das pessoas detectadas com a Covid-19 viajou na comitiva do presidente para os Estados Unidos no início de março. Dezessete dessas pessoas fizeram testes no Hospital das Forças Armadas (HFA). A Justiça Federal pediu os nomes, mas o hospital alegou que dois deles seriam mantidos em sigilo.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade