Publicidade

Estado de Minas

''Liberdade de expressão só vale para a 'grande' imprensa e a esquerda'', diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro tem se irritado com a repercussão do vídeo compartilhado por ele via WhatsApp no qual convoca a população às ruas para os atos que devem acontecer no dia 15 de março


postado em 28/02/2020 15:24 / atualizado em 28/02/2020 15:36

(foto: Isac Nobrega/PR Brasilia)
(foto: Isac Nobrega/PR Brasilia)
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) utilizou sua conta do Twitter, nesta sexta-feira (28/2), para dizer que a “liberdade de expressão só vale para a ‘grande’ imprensa e a esquerda". Bolsonaro tem se irritado com a repercussão do vídeo compartilhado por ele via WhatsApp no qual convoca a população às ruas para os atos que devem acontecer no dia 15 de março. 



A postagem foi compartilhada com um comentário do jornalista Alexandre Garcia sobre o vídeo disparado pelo presidente e gerou mal-estar e reações dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). “Quando não gostam de você, até seu silêncio é criminalizado”, disparou Bolsonaro. 

Vídeo de 2015

O presidente afirmou, em transmissão ao vivo via Facebook, que o vídeo encaminhado a alguns amigos no WhatsApp é de 2015 e acusou a jornal O Estado de S.Paulo e a jornalista Vera Magalhães, de mentir. Após a declaração, a jornalista tem sido duramente atacada nas redes sociais por bolsonaristas.

Vera revelou, na última terça-feira (25/02/2020), que o presidente tem divulgado um vídeo de manifestação contra o Parlamento desde antes do carnaval. O jornal O Estado de S. Paulo divulgou uma nota se posicionando sobre as declarações do presidente. 

Confira: 

“O Estado de São Paulo lamenta que o Presidente da República ataque a jornalista Vera Magalhães acusando-a de mentir por ter revelado que ele divulgou via WhatsApp dois vídeos conclamando a participação nas manifestações previstas para o próximo dia 15 de março. Ao agir assim, ignorando os fatos, endossa conteúdos falsos vinculados ao tema que circulam nas redes sociais, algumas com ameaças veladas ou não direcionadas à Vera Magalhães.”

Boicote à imprensa

Na noite de quinta-feira (27/02), o presidente pediu que empresários boicotem os jornais Revista Época e Folha de S.Paulo. “Vou falar para o empresariado que (…) esses jornais, Revista Época, Folha de S.Paulo, não anunciem lá, jornal que mente o tempo todo, trabalha contra o governo, e se o governo dá errado toda a economia brasileira vai sofrer.”

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade