Publicidade

Estado de Minas

Reverenda Jane diz que Regina Duarte estaria levando 'esquerdistas' para o governo

Na live feita via Facebook, a pastora evangélica deu a entender que a sua demissão ocorreu após Regina receber conselhos do ex-presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte) Humberto Braga


postado em 27/02/2020 15:28 / atualizado em 27/02/2020 15:54

(foto: Reprodução/Instagram)
(foto: Reprodução/Instagram)
Após um desentendimento com Regina Duarte, futura secretária especial da Cultura, a ex-secretária-adjunta da Secretaria Especial da Cultura, Janice Silva, conhecida como reverenda Jane, fez um pronunciamento nas redes sociais insinuando que a atriz estaria levando “a esquerda” para o órgão. Na live feita via Facebook, a pastora evangélica deu a entender que sua demissão ocorreu após Regina receber conselhos do ex-presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte) Humberto Braga.

“A Regina me disse que já tinha vindo a Brasília para pedir ao ministro Osmar Terra (ex-Cidadania) para colocar o Humberto como secretário”, contou.

Humberto Braga já foi presidente e diretor de artes cênicas da Funarte. Ator e produtor, ele também é conhecido no meio teatral por seu trabalho dedicado ao teatro para a infância e juventude.

A pastora evangélica seguiu falando sobre o assunto. “Só que ela disse, ‘mas no dia que eu cheguei, o Alvim foi nomeado’, e falou que ‘agora ela seria secretária, era a vez do Humberto’. Ela tem carta branca do presidente Jair Bolsonaro, ela não vai entrar para a Cultura com limites”, concluiu.

De acordo com Jane, a exoneração foi decidida em uma reunião entre o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, Regina Duarte, Humberto e o atual secretário substituto, Odecir Luiz Prata da Costa. “O Odecir é o atual adjunto, que foi nomeado pelo Humberto. O Humberto pediu a Regina para que o Marcelo o nomeasse. Me falaram que nessa reunião estava também Odecir, que, se vocês não sabem, é alguém da esquerda que é o atual adjunto”, explicou.

Ela ainda afirmou que depois que uma foto de Regina no refeitório da secretária com Humberto se espalhou via Whatsapp, apoiadores do governo passaram a desconfiar da atuação da atriz no governo. “Todo mundo me ligando, perguntando sobre o Humberto, querendo saber se ele seria o secretário adjunto. Parece que muitos ativistas da direita começaram a questionar isso. Fiquei totalmente perdida, fiquei no meio desse bombardeio”, avaliou.

Entenda

Regina convidou a então secretária de Diversidade Cultural, Janice Silva para ocupar o cargo de secretária-adjunta temporariamente. Duas semanas depois, a  reverenda foi exonerada do cargo. 

De acordo com nota emitida pela assessoria de imprensa da pasta, a decisão teria sido tomada pelo próprio ministro do Turismo.
 
 
*A estagiária está sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 


Publicidade