Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Denúncia contra Glenn é claro risco à liberdade de imprensa, diz OAB

A Ordem dos Advogados do Brasil acompanha o caso com "grande preocupação"


postado em 21/01/2020 17:38 / atualizado em 21/01/2020 18:14

Denúncia contra Glenn é claro risco à liberdade de imprensa, para a OAB(foto: Vinicius Loures)
Denúncia contra Glenn é claro risco à liberdade de imprensa, para a OAB (foto: Vinicius Loures)
A Ordem dos Advogados do Brasil reagiu, nesta terça-feira, 21, à denúncia oferecida contra o jornalista Glenn Greenwald no âmbito da Operação Spoofing. Para a entidade, a peça do procurador da República Wellington Divino Marques de Oliveira "criminaliza a mera divulgação de informações". A nota é assinada pelo Observatório da Liberdade de Imprensa da entidade.

A OAB afirma acompanhar o caso com "grande preocupação".

"A denúncia descreve fato que não pode ser considerado crime. A participação em qualquer delito exige instigação ou colaboração efetiva para sua prática, e nenhuma das mensagens do jornalista incluídas no expediente do MPF indica qualquer desses comportamentos. A denúncia, portanto, criminaliza a mera divulgação de informações, o que significa claro risco para a liberdade de imprensa", afirma a OAB.


Publicidade