Publicidade

Estado de Minas

Em entrevista, Bolsonaro diz que sofreu pressão para demitir Paulo Guedes

Ministro da Economia sofreu críticas após fala sobre o AI-5


postado em 02/12/2019 20:17 / atualizado em 02/12/2019 20:39

O presidente disse que não merecia nem falar sobre Bebianno e que não queria lembrar por que demitiu o ex-ministro(foto: Antonio Cruz/Ag. Brasil )
O presidente disse que não merecia nem falar sobre Bebianno e que não queria lembrar por que demitiu o ex-ministro (foto: Antonio Cruz/Ag. Brasil )
O presidente Jair Bolsonaro concedeu entrevista à TV Record, exibida na noite desta segunda-feira (2). o chefe do Executivo disse que sofreu pressão para demitir Paulo Guedes,  ministro da Economia, depois das declarações sobre o AI-5. 
 
 
 
“Quem pede a cabeça do Paulo Guedes quer desestabilizar a economia”, afirmou. O presidente também respondeu às declarações de Gustavo Bebianno, ex-ministro da Secretaria-Geral, que nesse domingo afirmou que a “democracia está em risco”. 
 
O presidente disse que não merecia nem falar sobre Bebianno e que não queria lembrar por que demitiu o ex-ministro. Ressaltou ainda que o político deve ser feliz com o governador de São Paulo, João Doria.
 
Bolsonaro também declarou que não se incomoda com a liberdade de Lula e que o petista tem pregado a intolerância. Sobre as acusações do ex-presidente que o envolve na participação na morte da vereadora Marielle Franco, afirmou: “Eu não vejo isso como um direito de expressão dele, mas vamos ter que engolir esse sapo. O barco segue porque o Brasil está indo bem”.


Publicidade