Publicidade

Estado de Minas

Procurador Deltan Dallagnol abre mão de promoção para ficar na Lava-Jato

De acordo com Dallagnol, decisão leva em conta 'aspectos pessoais e profissionais'


postado em 21/10/2019 18:36 / atualizado em 21/10/2019 20:22

(foto: Andressa Anholete/AFP )
(foto: Andressa Anholete/AFP )
O procurador da República Deltan Dallagnol abriu mão de promoção à Procuradoria Regional da República da 4.ª Região (PRR-4), sediada em Porto Alegre. Ele preferiu continuar nos quadros do Ministério Público Federal em Curitiba, no posto de chefe da força-tarefa da Operação Lava-Jato, maior investigação já deflagrada no País contra a corrupção e lavagem de dinheiro.

Nesta segunda-feira, 21, Deltan enviou ofício ao Conselho Superior do Ministério Público Federal, "indicando que não tem interesse em concorrer à promoção no momento".

Nos últimos dias, o procurador da Lava-Jato tem sido questionado e alvo de especulações sobre seu futuro na instituição.

Citado por supostos abusos na condução da Lava-Jato, Deltan considerou, após sucessivas reuniões com seus pares, que se saísse agora poderia deixar a impressão que estava admitindo erros.

"A decisão foi tomada após conversar com os demais procuradores da força-tarefa e tomou em conta aspectos pessoais e profissionais", informou Deltan, em nota.

Leia a íntegra da nota de Deltan Dallagnol


"Em resposta à questão, o procurador informa que enviou ofício ao Conselho Superior do Ministério Público, indicando que não tem interesse em concorrer à promoção no momento. A decisão foi tomada após conversar com os demais procuradores da força-tarefa e tomou em conta aspectos pessoais e profissionais."


Publicidade