Publicidade

Estado de Minas

Após melhora, Bolsonaro caminha e assiste a partida de futebol

Presidente também usou o Twitter para divulgar uma série de "tarefas cumpridas pelo governo"


postado em 15/09/2019 17:37 / atualizado em 15/09/2019 18:22

Jair Bolsonaro no hospital Vila Nova Star, em São Paulo(foto: Reprodução da internet/Twitter)
Jair Bolsonaro no hospital Vila Nova Star, em São Paulo (foto: Reprodução da internet/Twitter)


O presidente Jair Bolsonaro caminhou nesta tarde pelos corredores do hospital Vila Nova Star, em São Paulo, onde está internado, se recuperando de cirurgia para corrigir uma hérnia incisional. A informação é da assessoria de imprensa da Presidência da República. Segundo a assessoria, neste momento o presidente assiste ao jogo entre Corinthians e Fluminense pelo Campeonato Brasileiro.

Mais cedo, em boletim, o hospital informou que seria iniciada hoje a redução da dieta endovenosa e que Bolsonaro estava respondendo bem à alimentação cremosa, introduzida ontem. O porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, ainda afirmou, em coletiva de imprensa, que havia a expectativa da mudança para alimentação pastosa ainda hoje, mas que dependeria da avaliação do cirurgião responsável, Antônio Macedo. Macedo está realizando cirurgia durante todo dia hoje e ainda não fez atualização sobre o estado de Bolsonaro.

Segundo o porta-voz, com a retirada total da alimentação endovenosa e a passagem para alimentação pastosa, o presidente já poderia ter alta. Mas Rêgo Barros não se comprometeu com datas.



No Twitter, o presidente publicou hoje um vídeo conversando com a sua filha por chamada de vídeo no celular. Junto com a gravação, que não tinha o áudio da conversa, Bolsonaro disse que "estava matando a saudade da filha". E completou: "Depois de mais uma cirurgia, fruto do atentado praticado por um militante de esquerda contra minha vida, fiquei fora de combate por um tempo, mas o carinho da minha família e de todos que acreditam num Brasil melhor me ajuda a seguir lutando."

Em outra publicação, o presidente listou uma série de "tarefas cumpridas pelo governo" e, segundo ele, anunciadas na última semana, como a abertura do mercado de leite para o Egito, de carne para a Indonésia e a ampliação para a China, além da liberação do FGTS. Bolsonaro ainda citou a semana do Brasil, que, segundo ele, aumentou o comércio em 12% e o menor risco-País "em anos", entre outras medidas.




Publicidade