Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Dirceu vai se entregar à PF em Curitiba, e não em Brasília, dizem fontes


postado em 17/05/2019 12:38

O ex-ministro José Dirceu decidiu se entregar à Polícia Federal em Curitiba, e não em Brasília, segundo apurou o Broadcast Político com fontes do Partido dos Trabalhadores. Na última quarta-feira (16), o juiz Luiz Antonio Bonat, da 13.ª Vara Federal de Curitiba, determinou que Dirceu se apresente até as 16 horas de hoje para o cumprimento da pena de 8 anos e 10 meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

A decisão foi tomada após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) ter rejeitado recurso da defesa do ex-ministro, que buscava reverter sua segunda condenação na Lava Jato, e determinado a "imediata expedição de ofício" ao magistrado para que fosse iniciada a execução provisória da pena.

O advogado Roberto Podval está acompanhando Dirceu desde a madrugada em uma viagem de carro. Procurado, Podval não havia respondido à reportagem até a publicação desta matéria. A avaliação no entorno de Dirceu é a de que as condições de carceragem em Curitiba são melhores e mais seguras que as de Brasília.

Segundo uma fonte do PT, a viagem de carro também é uma forma de proteger o ex-ministro de eventuais constrangimentos caso ele viajasse de avião para o Paraná.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade